Segurança na zona rural: Equatorial Maranhão orienta sobre construções adequadas de cercas de arame

O cuidado com a energia elétrica deve ser sempre redobrado. Dentro ou fora de casa, é essencial que a população esteja atenta às situações envolvendo eletricidade. Em alguns cenários, essa atenção precisa ser direcionada para situações específicas, como é o caso das instalações elétricas na zona rural.  Nessas áreas, por exemplo, é comum a instalação de cercas de arame para delimitar propriedades, garantir a proteção das famílias que residem na localidade, a seguridade dos animais e a integridade das plantações. Contudo, se as cercas não forem instaladas corretamente ou não seguirem os padrões técnicos e de segurança, podem colocar em risco a vida de várias pessoas.

No estado do Maranhão, as características climáticas e geográficas demandam cuidados específicos na instalação dessas cercas. Considerando a incidência de tempestades e descargas atmosféricas na região, é imprescindível realizar um aterramento eficiente das cercas de arame. Além disso, o seccionamento – descontinuidade elétrica –  adequado é fundamental para proteger tanto a cerca quanto as famílias e os animais, em caso de raios.

De acordo com o Superintendente da Regional Centro da Equatorial Maranhão, Guilherme Medina, a recomendação principal é jamais fazer a instalação de cercas de arame por conta própria, de forma improvisada. “Para realizar a construção de cercas em zonas rurais, é necessário consultar profissionais qualificados e empresas especializadas para que tudo seja feito da forma correta, seguindo os critérios de segurança, pois se eventualmente um raio cair e atingir a cerca, não haverá a propagação da descarga elétrica e a população estará mais segura’’, afirma.

Nesse sentido, a Equatorial Maranhão aponta dicas importantes relacionadas às construções de cercas de arame em áreas rurais, para garantir a segurança e evitar acidentes, que muitas vezes podem ser fatais:

·       Escolha do material adequado: Consulte especialistas para selecionar o tipo de arame mais adequado às condições locais, levando em consideração o clima e outros fatores;

·       Disposição das estacas: Determine a distância ideal entre as estacas para garantir a estabilidade da cerca. Profissionais locais podem oferecer orientações precisas sobre essa disposição;

·       Aterramento e seccionamento: Certifique-se de realizar um aterramento adequado e o seccionamento correto das cercas para proteger contra raios e curtos-circuitos, proporcionando maior segurança para todos.

Em caso de acidentes, é fundamental manter a calma e acionar os serviços de emergência adequados, como o Corpo de Bombeiros (193) ou o SAMU (192). Se o acidente envolver fios da rede de distribuição de energia, entre em contato com a Central de Atendimento da Equatorial Maranhão (116). Esteja atento às medidas de segurança e previna-se contra acidentes elétricos em áreas rurais. A segurança de todos depende do cuidado e da atenção em cada etapa da construção e manutenção das cercas de arame.