Secretário convida população para o Orçamento Participativo 2020: “Contribua para o desenvolvimento do Maranhão”

Imagine poder escolher quais obras e serviços públicos serão realizados na cidade ou região em que você mora. Essa é uma possibilidade real no Maranhão desde 2015, quando o Governo do Estado lançou o Orçamento Participativo, plataforma na qual a população pode opinar de forma democrática sobre a destinação de parte do orçamento estadual. Devido à pandemia de Covid-19, este ano, todo o processo foi adaptado para as plataformas digitais e a consulta segue aberta até o dia 25 de setembro. 

O secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves, convida os maranhenses a participarem da consulta pública. 

“O Governo do Maranhão está realizando a consulta pública para o Orçamento Participativo 2020. Você pode participar acessando a plataforma participa.ma.gov.br, escolhendo a melhor proposta para a sua região, para o seu município. Participe e contribua para o desenvolvimento do Maranhão”, diz Francisco Gonçalves.  

Gestão democrática

As audiências públicas anuais garantem ao cidadão o direito de participar da gestão pública e opinar sobre a destinação dos investimentos essenciais para sua localidade, como a construção de escolas, hospitais, redes de abastecimento de água, praças esportivas, entre outros serviços públicos. 

A reforma e ampliação do Hospital Macrorregional de Coroatá, a obra de revitalização da Beira-Rio, em Imperatriz e a entrega de unidades do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) em Santa Inês e Cururupu são alguns exemplos de demandas indicadas pela população, via Orçamento Participativo. 

Como participar

Para participar, acesse o endereço op.participa.ma.gov.br. Em seguida, faça o cadastro na página. Depois você vai ser direcionado para a votação de sua região. Cada região tem uma lista de obras e serviços. 

Na parte inferior do site, você clica para iniciar o processo de votação. Você terá acesso, então, a quatro vídeos mostrando como o sistema funciona e informações específicas sobre a sua região. Depois é só votar em uma das opções listadas. 

As propostas de obras e serviços que forem mais votadas serão priorizadas na Lei Orçamentária Anual de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.