TJMA entrega presentes da Campanha Papai Noel dos Correios

Mais de 100 meninos e meninas da Escola Municipal Criança Feliz, no bairro da Ilhinha, receberam uma visita especial nesta sexta-feira (16): a do Papai Noel. Os presentes de Natal entregues foram doados por servidores(as) e juízes(as) do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), Corregedoria Geral de Justiça e Escola Superior da Magistratura (Esmam), que abraçaram, mais uma vez, a Campanha Papai Noel dos Correios.

A iniciativa já integra o calendário de atividades da Justiça maranhense, que apoia o projeto destinado a unir instituições e empresas, em todo o país, em uma corrente de amor e solidariedade.

Além das 108 crianças da UEB Criança Feliz, 65 meninos e meninas da Creche Maria de Jesus Carvalho, no bairro da Camboa, ganharam presentes de padrinhos e madrinhas, que adotaram as suas cartinhas “enviadas” ao Papai Noel.

O evento, na Escola Criança Feliz, foi aberto pelo presidente do TJMA, desembargador Paulo Velten, pelo 2º vice-presidente do TJMA, desembargador Marcelino Everton, pelo diretor-geral Carlos Anderson, na presença de equipes da Assessoria de Comunicação, do Cerimonial, da Diretoria Geral, da Diretoria de Segurança Institucional, da Coordenadoria de Apoio Administrativo e da Divisão de Transportes.

O presidente do TJMA, desembargador Paulo Velten, enalteceu a importância da adesão do Judiciário à Campanha Papai Noel dos Correios, evidenciando o compromisso social da Justiça. “Vocês são o futuro do Brasil. É por vocês que trabalhamos todos os dias, no Poder Judiciário, fazendo as nossas decisões, para que tenhamos uma sociedade com justiça social e paz e que tenhamos condições e clima para que todos possam desenvolver seus talentos e habilidades. Um Feliz Natal para todos e todas!”, afirmou.

O segundo vice-presidente do TJMA, desembargador Marcelino Everton, também enfatizou a relevância da entrega de brinquedos da campanha Papai Noel dos Correios. 
“O Tribunal de Justiça do Maranhão participa desta campanha há muitos anos. Esta ação é de suma importância para todos os envolvidos, sobretudo, as crianças. Estamos muito felizes ao vermos tantos meninos e meninas felizes”, frisou.

A MAGIA DO NATAL

Foi a primeira vez que a pequena Maria Cristina, de 6 anos, escreveu uma carta ao Papai Noel dos Correios. “Eu pedi uma bicicleta”, contou momentos antes de receber o presente que havia pedido diretamente das mãos do presidente do TJMA, Paulo Velten. A bicicleta rosa com cestinha fez os olhos da menina brilharem. “Gostei muito! Estou super feliz!”, disse sorridente.

Para a diretora da U.E.B. Criança Feliz, Stefany Machado, manter a magia do Natal viva pode representar um desafio quando a realidade se apresenta difícil “Sabemos que nem todos têm a oportunidade de presentear suas crianças no fim do ano, fazemos parte de uma comunidade carente”, afirmou. 

A diretora celebrou a parceria com o Judiciário pela promoção do momento mágico a todas as crianças. “Foi maravilhoso porque o TJMA acolheu com grandiosidade as cartinhas de nossas crianças. O momento foi único pela oportunidade delas escolherem os próprios presentes e conhecerem o Papai Noel, mantendo a magia do Natal em seus corações”, disse.

CAMPANHA PAPAI NOEL DOS CORREIOS

A campanha “Papai Noel dos Correios” já existe há mais de 30 anos e, desde 2010, além de receber as cartinhas enviadas pela sociedade, a ação passou a fortalecer a importância da educação, convidando crianças de escolas da rede pública a também tirarem os sonhos do papel. Além de estimular a escrita e o interesse pelo aprendizado escolar, a ação incentiva a solidariedade.

O Poder Judiciário apoia a ação, desde o ano de 2012, sob a coordenação da Assessoria de Comunicação da Presidência, mobilizando diversos setores do Tribunal, Corregedoria e da ESMAM, contando com o apoio de diversas Coordenadorias. 

A iniciativa envolve magistrados, magistradas, servidores e servidoras, que são convidados a “adotarem” as cartinhas contendo as sugestões e pedidos dos presentes.
Para a coordenadora de Comunicação dos Correios, Fernanda Coelho, a parceria com o TJMA entregou muito mais do que presentes, contribuindo com o sentimento de um futuro melhor para cada uma das crianças. “O Judiciário maranhense nos ajudou tanto arrecadando os presentes, quanto neste momento festivo enchendo as crianças de alegria e esperança”, disse.