Setres participa de ações em comemoração ao Dia Nacional da Economia Solidária

Na quinta-feira (15) foi comemorado o Dia Nacional da Economia Solidária. Para celebrar a data, a Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres) participou de ações e eventos em homenagem à data que, por sua vez, foi sancionada pela Câmara Federal por meio da Lei 13.928/19, sendo um tributo à memória do ambientalista Chico Mendes, que nasceu em 15 de dezembro de 1944.

A secretária da Setres, Lília Raquel, e a secretária adjunta de Economia Solidária, Jordania Pessoa, participaram da plenária do Fórum de Economia Solidária, realizado no Centro de Referência de Economia Solidária (Cresol) com apoio do governo do Estado.

O fórum aconteceu dentro da programação da Semana de Economia Solidária, que teve início na segunda-feira (12) e contou com a participação de entidades e empreendimentos solidários associados ao Conselho de Economia Solidária do Maranhão. O estado conta, atualmente, com 350 empreendimentos em todo o seu território.

Após os debates sobre as políticas públicas de fomento ao segmento e situação de trabalhadores e trabalhadoras dos empreendimentos solidários, o fórum foi encerrado com uma exposição do Empório da Economia Solidária, realizado na quinta-feira (15), com produtos artesanais e alimentos, na área em frente ao Cresol.

Segundo a secretária Lília Raquel, a economia solidária no Maranhão é feita por cooperativas, associações e coletivos formados por trabalhadores e trabalhadoras de várias cadeias produtivas do estado. “O governo tem sido um grande incentivador dessa economia e o grande desafio é fazer com que ela se torne um modelo econômico no estado, trazendo igualdade, justiça social e inclusão para os trabalhadores e trabalhadoras maranhenses”, afirmou a secretária do Trabalho.

Representantes de empreendimentos solidários do estado destacaram o Dia Nacional da Economia Solidária e reafirmaram a importância de políticas públicas e investimentos governamentais no setor. “Realizamos uma plenária em comemoração ao dia da Ecosol porque são essas pessoas que com muita luta e resistência fazem esse economia acontecer no estado”, declarou Maria Santana do Lago, presidente do Conselho de Economia Solidária do Maranhão.