.

Serviço Travessia completa 6 anos de atividades no Maranhão

O vice-governador Carlos Brandão participou, na sexta-feira (4), no Espaço do Ipem, em São Luís, de evento em comemoração aos seis anos de criação do serviço Travessia, que transporta pessoas com deficiência e pacientes da rede estadual de saúde. A celebração contou com a participação de representantes do poder público e da sociedade civil.

O Travessia foi lançado em 2016, pelo governo do Maranhão, e conta atualmente com mais de sete mil beneficiários cadastrados em 44 municípios. Ao todo, 27 veículos realizam o transporte de usuários de cadeiras de rodas, pessoas com deficiência visual, crianças com hidro e microcefalia, idosos e pacientes em tratamento de saúde nos hospitais macrorregionais.

De acordo com o vice-governador Carlos Brandão, o Governo do Estado realiza políticas públicas para os que mais precisam, e um dos objetivos da continuidade do serviço, que atende 11 regionais, é chegar a 20.

“Nós temos [o serviço] hoje em 11 regionais, atendendo em 44 municípios. São cerca de 150 mil viagens que já foram feitas, atendendo as pessoas com deficiência, e serve não só para tratamento de saúde, mas para lazer, esporte, cultura. É uma ferramenta que valoriza as pessoas com deficiência. O nosso governo tem o olhar para aqueles que mais precisam. Temos uma meta, que é expandir. Por que não chegar a 20 regionais? Então esse é um compromisso nosso com o povo do Maranhão”, pontuou.

O presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços (MOB), Daniel Carvalho, falou da importância do programa, que já atua em mais de 40 municípios, e do projeto de expansão para mais 20, ainda em 2022. “É um programa inovador no Maranhão e no Brasil. É um grande privilégio, uma grande honra, desenvolver esse programa. Hoje, estamos aqui celebrando seis anos de um programa de absoluto sucesso, presente em mais de 40 municípios, e será expandido, por determinação do nosso futuro governador, o vice-governador Carlos Brandão, conosco hoje nesta data importantíssima”, comemorou Carvalho.

A coordenadora estadual do serviço Travessia, Isabelle Passinho, que é cadeirante, destacou o direito de ir e vir que assegura dignidade para as pessoas com deficiência no Maranhão. “Eu costumo dizer que dados são esquecidos, mas histórias são sempre lembradas. E o Travessia é um conjunto de histórias nesses seis anos em que as pessoas com deficiência podem ter garantido o seu direito de ir e vir, porque esse é o nosso papel: garantir dignidade para as pessoas com deficiência do Maranhão”, comentou.

Também participaram da cerimônia o deputado estadual Duarte Junior; o titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, o juiz Douglas de Melo Martins; entre outras autoridades.