O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

Prefeitura de São Luís distribui 6 mil cestas de alimentos do PAA em pouco mais de um mês

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), distribuiu um total de 6 mil cestas de alimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social até esta quinta-feira (25), após pouco mais de um mês do lançamento da nova etapa do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na capital, com recurso de R$ 2,6 milhões. A marca foi alcançada com a entrega de 450 cestas a moradores da Vila Itamar, na Zona Rural da cidade, que são acompanhados pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do pólo Maracanã. 

De acordo com o secretário-titular da Semsa, Júnior Vieira, os alimentos adquiridos junto a pequenos agricultores de São Luís, como pressupõe o PAA, do Governo Federal, continuarão chegando às famílias em situação de vulnerabilidade social – agravada pela pandemia de Covid-19 – até que 50 mil sejam contempladas – meta estabelecida pelo prefeito Eduardo Braide com a conquista de mais recurso para fomento do programa na capital que, até 2020, contava com fundo de apenas R$ 600 mil, beneficiando não mais que seis mil famílias. 

“Por determinação do prefeito Eduardo Braide, seguiremos trabalhando para alcançar a nossa meta principal, que é a de beneficiar 50 mil famílias. Com a nova etapa do PAA, estamos entregando cestas de alimentos robustas, com vários produtos, e que vão auxiliar em muita na alimentação de todos os que voltaram a sofrer com a fome neste momento de pandemia”, destacou Júnior Vieira, lembrando que a ampliação do recurso do PAA de São Luís permitiu não só o estabelecimento de uma nova marca, mas, também, a quantidade de fornecedores e de produtos que compõem a cesta de alimentos.

Atualmente, a Semsa adquire produtos agroecológicos de 400 pequenos agricultores – e não mais de 93, como aconteceu por mais de cinco anos. O número de itens compondo as cestas também mudou, saltando de 32 para 60; são frutas, verduras, legumes, hortaliças e proteína como frango e ovos, todos cultivados sem agrotóxicos com aditivos biológicos e ecológicos, o que garante a saúde do produtor e do consumidor, além de incrementar o sabor dos alimentos que podem ser preparados, como destacou a diarista Euzamar Amorim, de 32 anos. 

“Esses alimentos estão chegando em boa hora e vão servir na preparação de muita comida boa em casa. A gente só tem a agradecer a todo mundo que trabalhou até aqui para que a gente pudesse receber essa cesta”, pontuou a mãe de três filhos pequenos e esposa do pedreiro Janir dos Santos, de 40 anos, que a acompanharam na ação de distribuição das cestas na Vila Itamar, na tarde desta quinta. 

A dona de casa Eliene Pereira de Sousa também ficou feliz em receber a cesta de alimentos, que pesa 25kg. “Essa ajuda é de grande importância para todos, pois nós precisamos muito. Só tenho a agradecer ao prefeito Eduardo Braide e espero que essa ação continue beneficiando outras pessoas que também precisam”, pontuou. 

Estiveram presentes durante a entrega de 450 cestas na Vila Itamar, os vereadores Ribeiro Neto (PMN) e Marlon Botão (PSB).