.

Hospital Dr. Carlos Macieira recebe visita de representante da Organização Pan-Americana de Saúde

O Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), que faz parte da rede estadual de saúde, recebeu nesta semana a visita da infectologista Mariana Crodas, integrante da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). A visita teve caráter avaliativo para conhecer de perto como o hospital de alta complexidade está organizado para a assistência em saúde e também a rápida resposta no atendimento a pacientes com Covid-19, desde o início da pandemia.

“Temos uma metodologia que agrega quatro eixos: comunicação, vigilância, assistência e laboratório. Observamos que o hospital consegue agregar esses pilares e ser uma vitrine de resposta do acesso à saúde como referência para todo o estado. Essa é uma primeira visita de avaliação dos números e pretendemos voltar para uma visita mais abrangente em todas as regiões do Maranhão”, disse Mariana Crodas.

A visita foi acompanhada pelo diretor geral do HCM, Edilson Medeiros; pelo diretor administrativo Otávio Campos; a gerente de enfermagem Luinar Miranda; e pela diretora executiva do Instituto Acqua, Paula Assis. 

Para o diretor do hospital, Edilson Medeiros, a parceria é um mais um benefício para a população maranhense. “A OPAS já é um parceiro que vem nos ensinar e fortalecer nesse momento de pandemia. É um parceiro da rede estadual de saúde e vai somar cada vez mais conosco”, disse.

O HCM é administrado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). No dia 4 de março, a OPAS fez a doação de 10 mil testes rápidos de antígenos para as unidades gerenciadas pelo Instituto. O hospital recebeu 3.200 testes.

“A OPAS se disponibiliza ao Governo do Estado para ajudar. O HCM servirá como modelo de matriciamento para qualificação da assistência em todo o estado”, ressaltou a representante da OPAS.