Grupo Mateus realiza aula inaugural do Programa Jovem Tech em São Luís

“A expectativa está lá em cima. Quero aprender muito e me desenvolver cada vez mais dentro da área da tecnologia. Desde o ensino médio, estou envolvido em atividades de TI, engajado nas equipes de robótica da escola, por exemplo. Estou ansioso para começar”, celebra Luís Felipe da Silva, 20, um dos olhares curiosos no evento pelo início da jornada no Jovem Tech. 

Juntamente com uma rede de parceiros, o Grupo Mateus iniciou esta semana as aulas do Programa Jovem Tech. O objetivo é descobrir talentos e transformá-los em grandes profissionais da Tecnologia da Informação (TI). A iniciativa é fruto de uma parceria entre o Grupo Mateus e o Governo do Estado. A primeira turma é formada por 60 alunos, todos egressos de escolas públicas da rede estadual. 

A aula inaugural do programa, realizada no Espaço Black Swan, em São Luís, contou com a presença de representantes da Universidade Corporativa do Grupo Mateus (Unimateus); da Pulse, hub de tecnologia e inovação do Grupo Mateus; do Porto do Itaqui; da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) e da escola de tecnologia Alura. 

Durante o evento, foi apresentada a metodologia da formação, que será realizada em um ciclo de seis meses. Os alunos também realizaram um tour pelas instalações da Pulse, receberam a programação da primeira semana de aulas e os kits de material didático.

“Meus olhos brilharam vendo pela primeira vez todas as máquinas no tour que fizemos, fiquei impressionada e emocionada em poder fazer parte desse momento. Eu já gostava da área de TI, fiz alguns cursos básicos quando surgiu essa oportunidade. O processo seletivo foi desafiador e agora darei o meu melhor para aproveitar bem o programa, estou empolgada”, ressalta Isabele Silva, 21, que pretende fazer carreira na tecnologia. 

Para a diretora da Unimateus, Simone Rocha, também presente na solenidade, o momento é de alegria ao ver o projeto sair do papel. “Essa turma tem um propósito a realizar e todo o time está aqui com muito carinho e dedicação. Os laboratórios foram pensados com todo cuidado. Os alunos poderão trabalhar em um ambiente com estrutura de alta qualidade, aproveitando essa jornada também para trocar experiências, desenvolver competências e fazer networking. Celebramos muito essa jornada”, destaca.   

As aulas serão realizadas no espaço Black Swan, nos turnos matutino e vespertino. A formação compreende treinamentos em hard e soft skills, divididos nas seguintes trilhas de aprendizados: Front End, Back End, Dados e Business Intelligence, além de trabalho em equipe, oratória, comunicação e liderança. 

INCENTIVO

O analista de Recursos Humanos da Emap, Gabriel Cassia, também parabenizou a turma pela aprovação no processo seletivo e enfatizou o objetivo de desenvolver a cidade e o estado com o talento de profissionais locais. 

“É muito gratificante ver a concretização desse sonho. Destaco que um ponto em comum a todas as empresas que atuam no Maranhão é a falta de profissionais de tecnologia e não queremos desenvolver o Porto do Itaqui sem desenvolver a nossa cidade e o nosso estado. É muito importante que tenhamos profissionais especializados que sejam maranhenses, por isso que o Jovem Tech é especial e uma grande oportunidade para cada um desta turma. Parabéns a todos”, finalizou.