O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

CNN No Plural aborda o Dia Mundial de Luta Contra a Aids

O CNN no Plural vai tratar nesta quarta-feira (01) sobre o Dia Mundial de Luta contra a Aids, no quadro que vai ao ar na rádio, às 11h30, o entrevistado é o médico sanitarista, especialista em saúde pública e Professor na Faculdade de Medicina do Centro Universitário São Camilo, doutor Sérgio Zanetta. 

Há 40 anos, os primeiros casos de AIDS foram relatados e, atualmente, segundo Unaids, aproximadamente 37,6 milhões pessoas convivem com o vírus HIV em todo o mundo. Embora a medicina e a ciência tenham avançado muito em relação à doença, proporcionando uma redução de 42% na mortalidade desde 2010, o número de infectados ainda é considerado alto. De acordo com a Unaids, em 2020 cerca de 1,5 milhões de pessoas foram diagnosticadas com o vírus. Esse número é quase metade dos 2,8 milhões registrados em 1998, mas segue sendo preocupante.

O CNN Plural aborda os avanços no tratamento e diagnóstico da doença, como o PREP (Profilaxia Pré-Exposição) e o PEP (Profilaxia Pós-Exposição), bem como fala também do preconceito sofrido por pessoas soropositivas que, mesmo com tantos avanços com relação ao vírus, ainda persiste. 

Já para o Prime Time, em uma reportagem de Alisson Negrini, pessoas que convivem com o HIV e com a Aids, bem como médicos que trabalham na linha de frente de combate à doença foram entrevistadas. O médico Sérgio Zanetta, entrevistado da CNN Rádio, também gravou mitos desmentindo mitos do HIV para as redes sociais da CNN Brasil. 

Sobre o CNN Plural:

O CNN Plural traz diversidade e inclusão para o centro do debate. O projeto da CNN Brasil abordará todas as semanas temas relacionados à diversidade e inclusão em todos os seus aspectos, como raça, gênero, orientação sexual e minorias, entre outros. Além da rádio, o conteúdo será exibido na TV, no final da tarde do mesmo dia, durante o programa Prime Time. Os programas serão exibidos em todas as outras plataformas do canal.

Sobre a CNN Brasil

A CNN Brasil começou a operar em 15 de março de 2020 produzindo conteúdos multiplataformas, com notícias transmitidas na TV, rádio, site, aplicativo e YouTube e ainda em perfis nas redes sociais Instagram, Facebook, Twitter e LinkedIn, pushes, notificações, newsletters e podcasts.

A emissora já conquistou 11 prêmios e em seu elenco figuram alguns dos jornalistas mais reconhecidos e com maior credibilidade junto ao público nacional, além de novos talentos do telejornalismo.