O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

“Em Alta CNN” desta semana entrevista Rodrigo Santoro

O “Em Alta CNN” do próximo sábado, 13 de novembro, vai abordar as produções brasileiras que estão em alta nos streamings. A partir dos mais recentes lançamentos nessas plataformas, Mari Palma e Phelipe Siani conversam com convidados especiais no episódio.

De acordo com a Netflix, 2021 foi o ano com mais estreias brasileiras e, no segundo semestre, promete aumentar esses números com ao menos um lançamento mensal. Em meio a esses destaques do audiovisual, está o longa “7 Prisioneiros”, da Netflix, produzido por Fernando Meirelles e protagonizado por Rodrigo Santoro, o entrevistado do “Em Alta” desta semana. 

Na conversa com Mari Palma, o ator descreve seu papel no filme e como foi o processo para entender seu personagem: “O meu trabalho me coloca num lugar de escuta, de diálogo, de experimentação, e esse foi um lugar muito difícil de experimentar. Eu não tinha como, foi inevitável eu fazer julgamentos sobre a personagem.” Santoro ainda conta que o conflito fez parte da sua atuação no longa. “Foi preciso compreender e trabalhar para humanizar a personagem para que a gente não pintasse o vilão e o mocinho, até porque a situação é bem mais complexa do que isso”, explica.

Outra convidada é a modelo Caroline Trentini. No quadro “Dica Verificada”, ela traz suas dicas de conteúdo e produções, assim como os apresentadores no quadro “O Melhor da Semana”. 

* O Em Alta é um programa semanal, com 30 minutos de duração, que vai ao ar todos os sábados, ao meio-dia, na CNN Brasil.

Sobre a CNN Brasil

A CNN Brasil começou a operar em 15 de março de 2020 produzindo conteúdos multiplataformas, com notícias transmitidas na TV, rádio, site, aplicativo e YouTube e ainda em perfis nas redes sociais Instagram, Facebook, Twitter e LinkedIn, pushes, notificações, newsletters e podcasts.

A emissora já conquistou 11 prêmios e em seu elenco figuram alguns dos jornalistas mais reconhecidos e com maior credibilidade junto ao público nacional, além de novos talentos do telejornalismo.