Ações integradas das polícias resultam em prisões no mês de julho na Região Metropolitana

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Polícia Civil da Capital -SPCC, com apoio operacional da Polícia Militar do Maranhão, realizou no mês de julho do corrente ano 49 (quarenta e nove) prisões, sendo 39 preventivas, 8 em flagrante delito e 2 por sentença condenatória.

Merecem destaque a “Operação Ramsés”, que cumpriu três Mandados de Busca e Apreensão no intuito de robustecer investigação de uma das maiores fraudes financeiras do país, e a operação “Poder Paralelo”, coordenada pela Seccional Leste, que resultou na prisão de 19 elementos integrantes de facções criminosas de São José de Ribamar, que contou com o apoio do CPAM II da Polícia Militar, CTA, e demais Superintendências da Polícia Civil.

Também foi realizada operação na Cidade Operária no sentido de combater poluição sonora e perturbação de sossego, com apoio do Corpo de Bombeiros, Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Polícia Militar.

Por fim, foi realizada na área Itaqui Bacanga a “Operação Integrada”, visando fiscalizar bares e restaurantes que não estavam obedecendo as normas de segurança sanitária, em virtude do Covid-19. A Vigilância Sanitária e o CPAM Sul participaram da operação.

A SPCC também vem utilizando o seu número de WhatsApp (98 98418-5661) com a finalidade precípua de ser mais um canal de denúncias, proporcionando, assim, auxílio nas investigações e maior interação entre a Polícia Civil e comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *