4 curiosidades geográficas do Brasil

Existem várias curiosidades brasileiras que nem mesmo os nativos têm conhecimento

O Brasil, com sua vastidão territorial e diversidade, abriga uma série de curiosidades geográficas que surpreendem até mesmo os próprios brasileiros que estudam sobre sua história e geografia. Sabendo que o Brasil é o quinto país a ter a maior extensão territorial, por consideração, é nítido que sua imensidão é lar de muitas peculiaridades.

Seja estrangeiro, seja brasileiro mesmo, mas que vive em outro estado, existem lugares em território nacional que chamam a atenção e despertam o desejo de visitar. Mas, antes de correr para conhecer Brasília, ir para o grande Rio de Janeiro ou passear pelas belas praias localizadas em Balneário Camboriú, é importante ficar de olho nas curiosidades a seguir. 

De olho nas curiosidades brasileiras

Com certeza, após conferir as curiosidades a seguir, muitos não verão mais algumas localizações geográficas brasileiras com os mesmos olhos. Por isso, prepare-se para se surpreender um pouco mais com o nosso país.

Brasília: a capital em forma de avião

A primeira curiosidade surge ao observar o mapa do Brasil. É impossível não notar a peculiaridade do Distrito Federal, onde está localizada a capital do país, Brasília. Planejada pelo arquiteto Oscar Niemeyer e pelo urbanista Lúcio Costa, a cidade foi construída com o intuito de refletir o progresso e a modernidade da nossa nação. 

Porém, isso acabou dando espaço para uma das curiosidades mais fascinantes, afinal, Brasília foi projetada para ter o formato de um avião quando vista do alto. As asas da aeronave são formadas pelo Eixo Monumental e Eixo Rodoviário, enquanto a fuselagem é representada pelo Setor Hoteleiro e Setor Comercial. Interessante, não é mesmo?

Amapá: o estado isolado

Já a segunda peculiaridade interessante fica situada na região Norte do Brasil, na qual há uma singularidade geográfica: Amapá é o único estado brasileiro cortado pela Linha do Equador. Isso confere à região clima equatorial, com temperaturas elevadas e índices pluviométricos expressivos. 

Além disso, o Amapá é isolado do restante do país pela densa Floresta Amazônica, o que contribui para a preservação de sua biodiversidade e a existência de áreas pouco exploradas.

Rio de Janeiro: já foi “capital de Portugal”

Muitos brasileiros podem se surpreender ao saber que o Rio de Janeiro, famoso por suas praias deslumbrantes e o Carnaval animado, já foi a capital do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. Isso mesmo! Em 1808, com a invasão das tropas napoleônicas em Portugal, a família real portuguesa fugiu para o Brasil e estabeleceu a sede do império na então capital colonial, o Rio de Janeiro. A cidade manteve esse status até 1821, quando a corte retornou a Portugal.

São Paulo: estado que abriga uma ilha proibida

Nas terras brasileiras existe um local bem peculiar habitado apenas por cobras. Ele fica localizado no litoral de São Paulo e se chama Ilha das Cobras, também conhecida como Ilha da Queimada Grande. Esse local é famoso por abrigar um grande número de cobras, aproximadamente cinco por metro quadrado. 

Tamanha concentração de répteis venenosos torna a área perigosa, levando a Marinha do Brasil a proibir o desembarque na ilha, exceto para pesquisadores autorizados. Essa medida visa preservar tanto a segurança humana quanto o delicado equilíbrio do ecossistema local.

Como visto no decorrer do artigo, as curiosidades geográficas do Brasil oferecem uma visão fascinante da diversidade e complexidade do nosso vasto território. Esses aspectos não apenas enriquecem a compreensão do país, mas também despertam o interesse em explorar as maravilhas únicas que o Brasil tem a oferecer. Por isso, quem tem espírito aventureiro, não deixe de conhecer mais sobre cada uma dessas curiosidades.