100 anos da Disney: O que mais marcou gerações no centenário da empresa

Após 100 anos, a Disney continua reluzente, conquistando as crianças da nova geração com seus live-actions e seu mundo mágico

Ao completar seu centenário, a Disney continua a ser uma força mágica que conseguiu transcender o tempo, fazendo desde esta geração quanto as gerações passadas se sentirem como príncipes e princesas graças aos desenhos animados que moldaram o mundo do entretenimento infantil. Desde sua fundação em 1923 por Walt Disney e Roy O. Disney, a empresa evoluiu de um modesto estúdio de animação para um império de entretenimento global.

A história da Disney começou com desenhos animados, e o personagem que lançou a empresa ao estrelato foi ninguém menos que Mickey Mouse. O lançamento da Disney, em 1923, tornou-se o início de uma revolução na animação. As aventuras animadas de Mickey conquistaram corações em todo o mundo, estabelecendo as bases para o reino mágico que estava por vir.

A era de ouro da Disney

A década de 1930 testemunhou a expansão do universo Disney com a introdução de personagens icônicos, como Pato Donald, Pateta e Pluto. Clássicos atemporais como “Branca de Neve e os Sete Anões” (1937) e “O Rei Leão” (1994) ajudaram a solidificar o status da Disney como uma potência na animação. As músicas encantadoras e as narrativas continuam a ser apreciadas por gerações, mas, nesta época, em forma de live-action.

O parque dos sonhos

Já as crianças que viveram na década de 1950 ficaram marcadas pela entrada triunfal da Disney no reino dos parques temáticos. A abertura da Disneyland na Califórnia em 1955 foi um evento monumental que inaugurou uma nova era de entretenimento imersivo. 

Isso não demorou para virar uma febre, e logo a magia se expandiu com a inauguração da Disney World na Flórida em 1971, seguida por parques em todo o mundo. Esses destinos se tornaram sinônimo de sonhos realizados, onde visitantes de todas as idades podem viver aventuras inspiradas nos contos encantados que assistiam em suas infâncias.

Novidades que vieram com a chegada dos anos 2000

À medida que o império da Disney crescia exponencialmente pelo mundo, a empresa decidiu diversificar suas ofertas. Para esse feito, a aquisição da Pixar Animation Studios era essencial do ponto de vista dos envolvidos. Por isso, no ano de 2006, a Disney trouxe uma nova dimensão à qualidade cinematográfica, com filmes como “Toy Story” e “Up” após realizar a compra do estúdio de animação da Pixar. 

Além disso, no decorrer desses 100 anos de Disney, foi possível testemunhar a entrada da empresa no universo Marvel. Com a compra da Lucasfilm, ela conseguiu garantir que personagens como Homem de Ferro e Jedi continuassem a encantar o público.

Com isso, chegava a revolução da era digital, que trouxe consigo um upgrade completo na forma como o entretenimento é consumido. Em resposta a essa nova era, a Disney trouxe para o mundo seu próprio serviço de streaming, o Disney+, para crianças; em seguida, surgiu o Star+, streaming destinado ao público adulto.

Um Legado que Perdura

Ao celebrar seus 100 anos, é possível ver que a Disney permanece uma força inigualável na narrativa global. Seja através de clássicos animados que atravessaram décadas e hoje se encontram em sua plataforma de streaming, seja por meio de novos mundos criados para plataformas digitais, a magia da Disney continua fazendo as pessoas se apaixonarem pelo seu mundo mágico. 

O legado de Walt Disney vive não apenas nos personagens atemporais e nas memórias de cada criança interior que foi influenciada pelos seus desenhos apaixonantes, mas também na capacidade da empresa de evoluir, inspirar e continuar a encantar gerações que estão apenas começando a escrever sua história.

Seja vendo os filmes do ratinho mais famoso do mundo e sua trupe, assistindo aos belos filmes de princesas e príncipes ou partindo em uma aventura para a Disney World, toda a magia da empresa está presente em cada canto do mundo.