Wellington pede esclarecimentos ao ICMBio sobre incidente envolvendo fiscal nos Lençóis Maranhenses

Em pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (12), o deputado Wellington do Curso (PSC) informou que solicitou esclarecimentos ao ICMBio sobre o incidente ocorrido no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no qual um fiscal do órgão, durante uma abordagem, aponta uma arma para o condutor de uma toyota que fazia o transporte de turistas.

O parlamentar condenou o ato e disse que a fiscalização de toyoteiros tem que existir, mas que não é admissível um agente público proceder dessa forma. “Um fiscal mal preparado. Se o condutor estiver errado, que pague então pelo seu erro, mas não dessa forma”, frisou Wellington.

De acordo com o deputado, o órgão está permitindo a circulação de várias UTVs em Atins, sem qualquer fiscalização. “Um verdadeiro absurdo, pois estão perseguindo os que estão trabalhando com as agências de viagens, os toyoteiros. Muita gente traz seu UTV e não tem fiscalização. Nós não somos contra a utilização desses veículos, mas é preciso ter regulamentação e fiscalização”, disse.

Segurança 

Outro tema tratado pelo parlamentar foi sobre a reunião que realizou no bairro da Cohab, como parte de seu projeto ‘Ouvindo São Luís’, tendo como tema “Segurança Pública”. Durante as conversações, diversos moradores reclamaram da falta de segurança, dos constantes assaltos e roubos de celular, de bicicleta, além das recorrentes invasões a residências.

Segundo Wellington, participaram do encontro representantes do Ministério Público e da Polícia Militar e que a Prefeitura de São Luís não mandou nenhum representante da Guarda Municipal.

Ainda em seu pronunciamento, Wellington informou que solicitou ao Governo do Estado que faça, o mais rápido possível, a distribuição dos 251 policiais que foram formados recentemente.

Depressão 

Por último, o parlamentar falou da sua atuação, no Parlamento, no combate à ansiedade, à depressão, à automutilação e ao suicídio.

“Nós já temos quatro leis de nossa autoria exortando esse importante tema. Na última semana, o cantor Wesley Safadão veio a público anunciar que estava passando por uma crise de ansiedade e que cancelou todos os shows por isso”, lembrou o parlamentar, ressaltando que esse é um problema que pode acometer qualquer pessoa e que é necessária máxima atenção ao problema.