.

UEMASUL desenvolve ações durante um ano de pandemia

A decisão de suspender as atividades presenciais em 17 de março de 2020 seguiu o protocolo de segurança sanitária estabelecido pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e cumpriu o Decreto Estadual n°35.662/2020. Durante um ano de pandemia da Covid-19, a UEMASUL desenvolveu atividades e aperfeiçoou estratégias para garantir o acesso à educação pública de qualidade e contribuir com o desenvolvimento da Região Tocantina do Maranhão. 

Para monitorar e avaliar os efeitos da pandemia na região de abrangência da UEMASUL foi criado, pela Portaria n°134/2020, o Comitê de Monitoramento e Avaliação (CMA/UEMASUL). Segundo a reitora professora Elizabeth Nunes Fernandes, o comitê assume papel de destaque nas ações de enfrentamento da pandemia. “Com representantes de cada setor que compõem a UEMASUL, o CMA consegue identificar qual a real necessidade de cada um e assim é possível trabalhar para supri-las da maneira mais eficaz. Ao longo deste ano, o comitê teve um importante papel no assessoramento e apoio nas ações de enfrentamento da Covid-19 e de valorização da vida”, destacou a reitora.

Com as aulas presenciais suspensas, a UEMASUL disponibilizou a série de lives “Diálogos em tempos de pandemia” no canal do Youtube. O objetivo foi disponibilizar conteúdo em diversas áreas para que discentes, docentes e comunidade em geral, sem sair de casa, tivessem acesso aos resultados de pesquisa e discussões científicas, valorizando e tornando acessível o conhecimento produzido na universidade. Durante este um ano de pandemia, foram realizados 32 encontros virtuais, ao vivo, ligados à série, e que continuam disponíveis no canal da UEMASUL no Youtube.

Campanhas de conscientização foram desenvolvidas ao longo do ano, além de palestras com profissionais da área da saúde. A distribuição de álcool em gel e máscaras para os servidores também passaram a fazer parte da rotina de trabalho. Nos campi Açailândia, Estreito e Imperatriz foram fixados cartazes com orientações quanto ao uso da máscara, a necessidade da higienização correta das mãos e sapatos, e demais orientações. Nas redes sociais foram disponibilizados cards educativos e campanhas voltadas para a saúde mental e emocional, aproximando universidade e comunidade.

Educação

Após a suspensão das aulas presenciais, a Pró-reitoria de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica (PROGESA) disponibilizou consulta junto à comunidade acadêmica para conhecer a situação de conectividade dos estudantes e professores. Com o resultado da pesquisa foi possível desenvolver a estratégia de alcance que mais se adequava à realidade dos campi. Uma das medidas adotadas foi o auxílio emergencial digital, quando 3 mil chips com internet foram disponibilizados.

Utilizando o potencial das tecnologias de comunicação e informação, a UEMASUL concedeu colação de grau a 290 estudantes. As solenidades foram adaptadas para a versão remota, mas sem perder a emoção que o momento exige. Transmitidas pelo canal da UEMASUL no Youtube, foram realizadas 12 cerimônias de Outorga de Grau, entre extraordinárias e especiais, no último ano.

Segurança Sanitária

Com a retomada gradativa das atividades administrativas de forma presencial, a gestão superior da UEMASUL direcionou os esforços para a garantia da segurança sanitária de quem precisava frequentar os campi da universidade. Os servidores também realizaram testes rápidos antes do retorno em junho.

Durante um ano de pandemia foi desenvolvido o protocolo de segurança para casos suspeitos da doença, publicadas 15 Instruções Normativas (IN) em 2020 e, até o momento, quatro IN em 2021.

As atividades na UEMASUL são avaliadas garantindo a segurança sanitária de todas e todos. O reflexo deste monitoramento é percebido quando, por aumento do número de casos do novo coronavírus, decidiu-se por suspender as atividades presenciais nos campi da universidade. Até o momento, é válida a IN nº 04/2021, que cumpre determinações do Governo do Estado do Maranhão, por meio do decreto n° 36.582, de 12 de março de 2021 e segue as recomendações do Comitê de Monitoramento e Avaliação da UEMASUL, em decorrência do aumento de casos da Covid-19 em todo o estado do Maranhão, em Imperatriz e região.