TIM discute racismo estrutural

A vice-presidente de Recursos Humanos da TIM, Maria Antonietta Russo, participa nesta sexta (2) do debate sobre racismo estrutural empresarial no Afro Presença, às 16h. O evento é organizado pelo Ministério Público do Trabalho e pelo Pacto Global para promover a inclusão de universitários negros e negras no mercado de trabalho.

Durante o encontro, a executiva convidará os(as) estudantes a participar de um programa de estágio totalmente inclusivo, que será anunciado ainda este ano, com metas de contratação de estudantes negros e negras, pessoas LGBTI+ e pessoas acima de 45 anos, usualmente preteridos em programas de seleção.

Sobre a TIM

“Evoluir juntos com coragem, transformando tecnologia em liberdade” é o propósito da TIM, que atua em todo o Brasil com serviços de telecomunicações, focada nos pilares de inovação, experiência do cliente e agilidade. A empresa é reconhecida por liderar movimentos importantes do mercado desde o início de suas operações no país e está à frente da transformação digital da sociedade, em linha com a assinatura da marca: “Imagine as possibilidades”. É, desde 2015, líder em cobertura 4G no Brasil – conectando, inclusive, o campo para viabilizar a inovação no agronegócio – e, já pronta para um futuro ainda mais digital, ativará comercialmente a tecnologia 5G em três cidades em outubro.

A TIM valoriza a diversidade e promove uma cultura sempre mais inclusiva, com um ambiente de trabalho pautado no respeito. A companhia é a única do setor de telecomunicações a integrar o Novo Mercado da B3, reconhecido como nível máximo de governança corporativa, além de estar há 12 anos seguidos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), sendo operadora por mais períodos consecutivos nesta carteira. Também é primeira empresa de telefonia reconhecida pela Controladoria-Geral da União (CGU) com o selo “Pró-ética”, iniciativa que existe com o objetivo de promover um ambiente corporativo mais íntegro, ético e transparente.

Para mais informações, acesse: https://www.tim.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.