São Luís é destaque em evento “Cidades Inteligentes no Brasil”, com participação do prefeito Eduardo Braide

Com o objetivo de conhecer as tendências da inovação nos campos do desenvolvimento social, urbano e econômico, trocando experiências e ouvindo soluções, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, participou, nesta terça-feira (4), do evento remoto “Cidades Inteligentes no Brasil: Perspectivas e Experiências de Líderes Municipais”, realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). 

São Luís foi escolhida como uma das cidades destaques na temática apresentada, e por isso, o prefeito Eduardo Braide foi um dos escolhidos para apresentar as iniciativas executadas em sua gestão. Além da presença de São Luís, o evento também contou com as falas dos prefeitos do Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Aracajú (SE) e Porto Alegre (RS), em um debate de ideias que amplia a rede de contatos de cada gestor para relações intercambiáveis de interesse dos municípios e que beneficiam diretamente cada cidade e cada gestão. Mais de 400 cidades estavam inscritas no evento.

Na transmissão, além de mostrar as iniciativas que vem funcionando ao longo dos dois anos de sua gestão, o prefeito Eduardo Braide apresentou as suas iniciativas e o trabalho que vem sendo desenvolvido desde antes da sua gestão enquanto prefeito de São Luís, quando ainda era deputado federal.

“Para que a política de Cidades Inteligentes se desenvolva é preciso investir na estruturação de governança de dados, no reforço dos padrões de segurança, capacitação de servidores e desenvolvimento de infraestrutura de tecnologia da informação e comunicação (TIC) e na gestão baseada em dados. Por isso, enquanto deputado, fui relator dos estudos que subsidiaram o Projeto de Lei 976/2021, que institui a Política Nacional de Cidades Inteligentes (PNCI) no Brasil. Este projeto de lei, ainda em tramitação, dispõe sobre princípios e diretrizes que nortearão as ações municipais e a alocação de recursos para o desenvolvimento sustentável e inteligente dos municípios brasileiros. Dessa forma, desde o meu plano de governo, já venho trabalhando ações sobre cidades inteligentes em nosso Município”, explicou.

O prefeito Eduardo Braide, também, lembrou do reconhecimento que São Luís já obteve com as práticas e os esforços para uma cidade mais inteligente. “Em outubro de 2022, recebemos o Selo Bronze de Boas Práticas em Cidades Inteligentes pelo Evento Connected Smart City em São Paulo. Vale ressaltar que durante a pandemia desenvolvemos o filômetro, que foi uma importante estratégia voltada para a vacinação da Covid – 19 e facilitou o trabalho dos servidores da saúde e a ida da população aos postos de vacinação, evitando desperdício de tempo em filas”, destacou.

De acordo com o coordenador do evento, Maurício Bouskela, “a imersão é onde as melhores ideias se encontram, servindo de case entre esses gestores que buscam conhecer e discutir sobre os conceitos de cidades inteligentes e como estas ações podem e devem ser executadas, contribuindo diretamente para o desenvolvimento da sociedade”.

São Luís: Cidade Inteligente

Desde o início de 2021, primeiro ano da gestão do prefeito Eduardo Braide, foi proposto e documentado um plano de desenvolvimento econômico e social denominado “São Luís – Cidade Inteligente”, que busca aliar o crescimento econômico com equidade social com nova roupagem, introduzindo São Luís a uma nova concepção de futuro, no século XXI. O documento apresenta a utilização dos instrumentos de tecnologia da informação e comunicação (TICs), tornando São Luís uma cidade que busca a tecnologia como instrumento para a promoção do desenvolvimento econômico e social.

A visão de futuro proposta por este plano consiste na transformação de São Luís em uma cidade humana, inteligente e sustentável, seguindo os parâmetros propostos pelo Plano de Governo 2021-2024, e outros documentos institucionais em nível local e internacional, e a Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas. Nessa visão, a gestão participativa e democrática é respeitada e propositiva, uma vez que foi construída sob a luz da promoção do desenvolvimento econômico e social.

Dentro desse contexto, muitas iniciativas já foram executadas e seguem em desenvolvimento como parte do Plano de Governo da atual gestão. Entre elas, está a criação de células de inovação e sustentabilidade na Secretaria Municipal de Inovação, Sustentabilidade e Projetos Especiais (Semispe), a qual possui a Assessoria de Cidades Inteligentes, que desenvolve a política municipal de cidades inteligentes e que vem criando iniciativas que fortalecem esta política em três pilares: planejamento, projetos e gestão do conhecimento; contratação do consórcio São Luís Smart City para elaborar o Plano Municipal de Cidade Inteligentes de São Luís, seguindo as diretrizes do PL 976/2021, da Carta Brasileira de Cidades Inteligentes com atenção aos indicadores de cidades inteligentes e aos objetivos da Agenda 2030; primeira oficina São Luís Inteligente, envolvendo todas as secretarias e órgãos municipais, considerando a transversalidade do tema; e Termo de Cooperação Técnica firmado com o BID, em 2022, para elaboração de um projeto piloto do Uso Potencial de Big Data para Cidades Inteligentes que ajuda a dar respostas aos principais problemas urbanos de São Luís e da população.

Graças a estas iniciativas, em 2022, São Luís recebeu o Selo Connected Smart Cities Nível Bronze durante o encerramento do Connected Smart Cities & Mobility, considerado o maior evento de Cidades Inteligentes e Mobilidade Urbana do Brasil.