Programa Mais Renda é ampliado com entrega de caminhões, capacitação profissional e investimentos

Pequenos empreendedores do Maranhão terão mais oportunidade de otimizar as vendas com o Programa Mais Renda. Com o ineditismo da itinerância dos caminhões, diante a oferta de novas modalidades profissionais de curso, e um investimento de R$ 4,4 milhões disponibilizados pelo Governo do Estado, o programa será ampliado para transformar a vida de centenas de trabalhados em situação de vulnerabilidade social. 

Na manhã desta sexta-feira (21), dois caminhões foram entregues. Os veículos são equipados com salas de aula teórica e prática, proporcionando um aprendizado completo ao maranhense. Dezessete municípios serão percorridos pelos caminhões Mais Renda. As modalidades costuraria e confeitaria são as novidades deste ano, além das outras já oferecidas pelo programa, como cabeleireiro, estética e ramo de alimentação. 

Para o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser, o Mais Renda é uma janela de oportunidades para as pessoas de baixa renda que são empreendedoras e precisam de suporte para melhorar de vida. “Estamos ampliando e inovando o Mais Renda por ser um programa excelente para auxiliar as pessoas que tiveram dificuldades financeiras neste momento de pandemia. O programa já ofertava as modalidades de alimentação e estética e agora terá as opções de confeitaria e costura. Os caminhões levarão estes cursos até as pessoas em cada cidade do nosso estado, preparando-as gerencialmente e tecnicamente para que elas tenham seu próprio negócio”, explicou o secretário. 

Plano Celso Furtado

Por meio do Plano Emergencial de Empregos Celso Furtado (PEE Celso Furtado), lançado na última quinta-feira (20) pelo governador Flávio Dino, o Programa Mias Renda receberá um investimento de R$ 4,4 milhões. O plano tem o objetivo de aquecer a economia, gerar empregos e impulsionar a renda das famílias maranhenses.

Aulas práticas

A coordenadora do programa, Serlene Chaves, explicou que agora as capacitações também terão a parte prática.  “Capacitamos os beneficiários nos eixos gerencial, humano e técnico, agora os participantes dos ramos da beleza, corte e costura também terão a parte prática. É uma oportunidade ímpar para que os trabalhadores informais se tornem microempreendedores de sucesso, tendo acesso a créditos, CNPJ e disponibilidade de empregar outros funcionários, gerando emprego e renda na sua cidade, além de auxiliar mais pessoas”. 

O Mais Renda é um programa idealizado pelo Governo do Estado e coordenado pela Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes). Já beneficiou quase 2 mil pessoas com cursos, capacitações, entrega de equipamentos nos ramos da beleza e alimentação e acompanhamento no período de 1 ano após a conclusão do curso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.