O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

Programa Escola Musical entrega mais de 300 instrumentos para escolas de todas as regiões do Maranhão

Na antiguidade, Platão já dizia que “a música é um instrumento educacional mais potente do que qualquer outro”. A tese defendida pelo filósofo grego até hoje é endossada por vários pesquisadores da contemporaneidade, que defendem a música como modalidade cultural capaz de desenvolver a capacidade de concentração e o raciocínio. Essa também é a premissa do programa estadual Escola Musical, que, nesta quinta-feira (17), entregou 24 kits musicais para 19 municípios do Maranhão.

Cada kit contém 13 instrumentos – propícios para a formação de bandas marciais, como trompetes, trombones e bumbos – e 14 estantes de partituras, totalizando 312 instrumentos musicais que vão beneficiar todas as Unidades Regionais de Educação (UREs) do estado.   

A iniciativa é fruto de uma parceria entre as Secretaria de Estado da Cultura (Secma) e Educação (Seduc) que tem como objetivo proporcionar educação musical para estudantes da rede pública estadual de ensino. 

Como explicou o secretário de Cultura, Anderson Lindoso, durante a solenidade de entrega dos instrumentos, realizada no Teatro João do Vale, em São Luís.  “O Escola Musical é um projeto voltado para levar arte, levar cultura para as escolas, para os nossos jovens, para que tenham renovado interesse na sala de aula, aprendam um novo ofício, possam se exprimir através da arte e, assim, melhorar seus resultados de aprendizagem”, pontuou Anderson. 

Lugar de música é na sala de aula

Inicialmente lançado com o nome Maranhão Musical, nos últimos quatro anos o programa já entregou milhares de instrumentos para diversas escolas das redes municipal e estadual de educação. Em tempos de pandemia de Covid-19, a entrega desta quinta-feira tem um simbolismo especial para retomada do vínculo dos alunos com a escola.

“Mais um programa importante do governo Flávio Dino, que une áreas fundamentais. Educação e cultura não podem andar separadas, de forma nenhuma. A educação gera cultura, cultura gera conhecimento, gera saber. Nós queremos usar a cultura, a arte para trazer os alunos de volta para a educação. No ano que vem, se Deus permitir, nós vamos voltar de maneira híbrida e vamos destinar tempo e espaço para que a prática cultural possa acontecer nas nossas escolas”, ressaltou o secretário de Educação, Felipe Camarão. 

Para o vice-governador Carlos Brandão, que também participou da solenidade de entrega dos instrumentos, o Escola Musical ajuda a revelar as potencialidades artísticas dos estudantes e garante uma nova perspectiva de vida para os jovens maranhenses.

“É uma parceria que nós temos feito com as escolas, não só estaduais, mas municipais também, para melhorar essa sensibilidade com os alunos no que diz respeito à questão da música, evitando que esses alunos estejam aí pelas ruas se envolvendo com drogas. É a oportunidade que a gente tá dando para as escolas descobrirem novos talentos”, afirmou o vice-governador. 

Desenvolvimento interdimensional 

Elioenai Brasil é gestora geral do Centro Educacional de Tempo Integral Olindina Nunes Freire, da cidade de Pedreiras, uma das escolas contempladas com kits musicais. A educadora avalia que o programa é essencial para o ambiente educacional, uma vez que, para Elioenai, “a música é um forte elemento para o desenvolvimento interdimensional do estudante”.

“É mais que um presente para este fim de ano. Tenho certeza que será de grande utilidade. Ativando mais essa habilidade entre os alunos, fazendo com que a música cresça com mais força dentro da escola, eu tenho certeza que nós vamos ter muito mais êxito. Nós queremos agradecer de coração ao governador Flávio Dino por este presente”, destacou Elioenai.