Programa Escola de Eletricistas certifica primeira turma exclusiva de mulheres 

SÃO LUÍS – As alunas da primeira turma exclusiva de mulheres do Programa Escola de Eletricistas da Equatorial Maranhão receberam sua certificação nesta sexta-feira (22), na sede da empresa na capital. Ao todo 21 profissionais foram qualificadas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Maranhão (SENAI-MA), em parceria com a distribuidora de energia, com o objetivo de capacitar profissionais para o setor elétrico, abrindo novas oportunidades para o público feminino no mercado de trabalho.

O curso foi ministrado pelo SENAI-MA com carga horária de 40 horas semanais, totalizando 480 horas de conteúdo profissionalizante e 112h de comportamental. As alunas ainda receberam ajuda de custo fornecida pela Equatorial durante o período da qualificação. 

A coordenadora de Educação Profissional e Tecnológica do SENAI-MA, Alessandra Brito, falou do orgulho que a instituição senti em fazer parte da capacitação dessas mulheres. “É um projeto pioneiro e que com certeza vai marcar a vida de cada uma delas. Uma área que antes era ocupada na maioria das vezes por homens, hoje já vai caminhando para essa mudança. O SENAI-MA contribui com as empresas e as indústrias capacitando mão de obra e ajudando no desenvolvimento do nosso estado”, afirmou.

A emoção tomou conta das formandas que levaram suas famílias para prestigiarem suas conquistas. A Idecilma Silva Ferreira, formanda da turma, levou o filho para acompanhar esse momento tão importante. “A Escola de Eletricista trouxe para mim muitas esperanças de uma carreira, já que muitas vezes nós mulheres não temos condições de custear um curso. A gente percebe que somos guerreiras e que podemos mudar a nossa realidade. Estou muito feliz e emocionada, porque meu filho está aqui vendo que a mãe dele conseguiu”, ressaltou.

O vice-governador e secretário estadual de educação, Felipe Camarão, também esteve presente e ressaltou a importância do projeto para as alunas e para o Maranhão. “Quero primeiro parabenizar a Equatorial e o SENAI-MA por esse projeto que vai muito além da capacitação. Ele muda vidas e impacta na nossa economia na colocação de profissionais qualificados no mercado, mas acima de tudo torna as mulheres protagonistas”, declarou. 

Em 2024, teremos novas turmas como afirma a gerente de Experiência com Clientes da Equatorial, Francila Soares. “Mais de mil pessoas já foram certificadas nesse programa, desde 2022 e vamos continuar com essa missão, junto com o SENAI-MA. Agradeço a FIEMA e ao SENAI-MA por este grande projeto que com certeza muda a vida de todos que participam”, afirmou.