Procuradoria da Mulher da Câmara de São Luís já atendeu cerca de 100 mulheres neste ano

De forma reduzida e seguindo as recomendações sanitárias de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus, a Procuradoria da Mulher, da Câmara Municipal de São Luís, juntamente com as parcerias, já atendeu nos últimos 40 dias de atividades, cerca de 100 mulheres da capital. Os trabalhos foram retomados no dia 11 de maio desse ano.

A vereadora Concita Pinto (PC do B), que é procuradora da Mulher do legislativo municipal, avalia como positivas as ações que puderam ser concretizadas pela Procuradoria no atual cenário pandêmico. Ela enfatizou que a pesar atividades presenciais estarem suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus, a Procuradoria apenas reduziu as atividades.

“Nós apenas reduzimos as ações, mas não paramos de desenvolvê-las. Muitas mulheres ludovicenses precisam de atendimentos, por isso, fomos buscar parceiros para nos auxiliar a suprir essas demandas. Como temos conseguido, avalio como positivas as ações realizadas até o momento”, explicou Concita Pinto.

Consultas
Segundo Concita Pinto, cerca de 100 mulheres dos bairros Monte Castelo, Fé em Deus e Retiro Natal receberam atendimento oftalmológico por meio de uma parceria realizada entre a Procuradoria da Mulher e as Óticas Diniz. Disse também que à Procuradoria coube fornecer toda a infraestrutura para a instalação dos equipamentos e da vitrine da loja parceira. Já à empresa, coube a venda de óculos às mulheres que necessitassem pelo preço máximo de R$ 300,00.

Concita Pinto reafirmou que aquela parceria foi importante porque foi possível fornecer às mulheres daquela região, os atendimentos oftalmológicos que elas solicitaram. “Foram elas que nos procuraram informando que precisavam de consulta de vista, mas que estava difícil por conta da pandemia. Há muitas mulheres idosas naquela área. Então, conseguimos médico oftalmologista, estrutura, equipamentos e, assim, as mulheres conseguiram ter a consulta de vista. E as que necessitaram de óculos, puderam adquiri-los por preço mais acessível”, explicou a vereadora Concita Pinto.

Projeto
A Procuradoria da Mulher da Câmara de São Luís é parceira também do projeto ‘Fé contra o Feminicídio’, que já está em execução. Além do órgão da Casa Legislativa, também integram o referido projeto a Igreja Católica, por meio da Arquidiocese de São Luís; a TV São Luís, através do Programa Clay Viana Totalmente Católico; a coordenadora das Delegacias da Mulher no Maranhão, Kazumi Tanaka; a deputada estadual Detinha (PL) e a secretária municipal de Assistência Social, Trabalho e Renda de São José de Ribamar, Gilvana Duailibe. A Faculdade Inspirar e o Colégio Cenaza também participam do Projeto como apoiadores.

O ‘Fé contra o Feminicídio’ tem como objetivo colaborar com a redução dos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher e o feminicídio no Maranhão, por meio da sensibilização da sociedade e do comprometimento dela na prevenção daqueles tipos de violência.
Além da exibição de outdoors pela cidade de São Luís já iniciada, outras atividades estão programadas para acontecer neste ano. A exibição da série maranhense ‘Fé contra o Feminicídio’, por exemplo, será iniciada no próximo domingo (27), no Programa Clay Viana, Totalmente Católico, transmitido às 8h e às 15h30, no canal 8.1 (TV São Luís/ RedeTV).

Para a procuradora Concita Pinto, a sociedade poderá adquirir mais conhecimento acerca do tema Feminicídio com a exibição da série em um canal de televisão local. “Esse é outro projeto que já está dando certo. Já fizemos a primeira gravação e percebo que vamos poder levar esclarecimento sobre o tema Feminicídio a grande parte da população, porque teremos a exibição da série em um programa de televisão. E, como sabemos, a televisão é um veículo de comunicação que grande parte da população tem em casa. Então, o conhecimento chegará mais rápido à residência de um grande número de pessoas”, assinalou a vereadora Concita Pinto.

Procuradoria
A Procuradoria da Mulher é um órgão permanente e especializado da Mesa Diretora que tem como objetivo zelar pela defesa dos Direitos das Mulheres. Foi criado por meio do Projeto de Resolução Nº 13/2017, que alterou e acrescentou dispositivos ao Regimento Interno da Câmara de São Luís.
Cabe à Procuradoria, por exemplo, desenvolver ações de combate à violência doméstica, além de auxiliar no desenvolvimento de políticas públicas que visem à preservação dos Direitos das Mulheres.