Meu pet teve filhotes, e agora?

“Quando chegou o dia, eu e a minha mãe já sabíamos como lidar com a hora do parto e a chegada dos filhotinhos. Mesmo assim, foi a primeira vez que eu vi o nascimento dos filhotes de perto. Fiquei ansioso para que ficasse tudo bem”, lembra Paulo Bastos, 31, tutor da mais nova mamãe do pedaço: Mel, da raça Shitzu. Interessado em todos os detalhes do nascimento dos pequenos, ele fez questão de pesquisar bastante sobre o assunto. 

Paciência, cuidado e muito carinho são a chave para acomodar a ninhada nessa nova etapa da vida do seu pet. Não um, nem dois… mas quatro cachorrinhos vieram para completar a família. O primeiro momento foi de preocupação, seguido de alívio e alegria. “A Mel escolheu a parte de baixo da poltrona da sala para ter os filhotes porque era ali que ela se sentia segura. Fiquei tenso para tirar todos de lá sem machucar, mas depois acomodamos em uma caminha mais confortável”, destaca o tutor.

Observar as mudanças no comportamento da Mel e acompanhar os primeiros dias dos recém-nascidos são detalhes que ficarão na memória. “Foi legal ver como ela se tornou protetora, mesmo com a nossa ajuda. O pai deles, Mike, que antes era o ‘dono da casa’, tinha medo dela e fugia deles. Ela rosnava para que ele ficasse longe. Foi engraçado”, relembra Paulo. 

E quando cuidar dessas fofurinhas se torna um desafio diário? Afinal, os pequenos e a mamãe também dependem dos tutores para viverem com saúde. Pensando nisso, a especialista e docente do curso de Medicina Veterinária da Facimp Wyden, Pâmela Rodrigues, separou algumas dicas para ajudar imediatamente após o parto e nos primeiros dias da ninhada. 

  • Na hora do parto, separar um local coberto, em temperatura ambiente, livre de correntes de ar. “Prepare um ninho com manta que seja aconchegante e confortável para cadela e filhotes”, recomenda afirma a veterinária;
  • Observe se todos estão conseguindo mamar normalmente! “Até os 45 dias de nascimento, o leite materno é a única alimentação do filhote”, destaca;
  • Dê tempo suficiente aos filhotes para explorar o novo ambiente enquanto você os supervisiona; 
  • Os sinais de saúde na mãe, após o parto, são a ausência de secreção pela vagina, o apetite preservado, a manutenção do peso e a produção da lactação normalmente, além das mucosas rosadas;
  • Nos filhotes, observe se estão todos ganhando peso normalmente, com mucosas rosadas e sem alterações nas fezes. 

SEGURANÇA DOS PETS

Proteção é essencial nos primeiros dias e meses de vida dos filhotes. Por isso, de acordo com a professora, o ideal é priorizar as vacinas e ter muita atenção para evitar transmissão de viroses. “Não entre calçado em casa e troque de roupas antes de interagir com o filhote. Essas medidas minimizam transmissão de viroses, até a hora de realizar a imunização”, finaliza Pâmela.