Maranhense João do Vale é homenageado em mesa de debate, na UFMA de Imperatriz

O maranhense João do Vale foi homenageado durante uma mesa de debate sobre os 102 anos de Paulo Freire. O momento que aconteceu nesta terça-feira (19) foi organizado pelo curso de pedagogia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), sob a coordenação da professora Dra. Herli Sousa, e contou com a presença de discentes e docentes da Universidade.

A homenagem partiu do projeto “A Fulô – João do Vale”, apresentação musical desenvolvida pela multiartista Danielly Daissak e contemplado pelo edital Prêmio FCP de Incentivo à Arte e à Cultura da Fundação Cultural do Pará. Entre música e poemas, em parceria com o músico Denilson Moreira, Danielly contou a história de João do Vale, seu legado cultural e artístico, o que encantou quem estava presente.

“João do Vale se conecta com Paulo Freire, com a educação, principalmente por falar de uma forma tão bonita. Como ele diz, muitos não sabem ler, mas sabem quando vai chover, quando a fruta tá boa. Esse também é um saber que João do Vale trouxe pra gente” contou Danielly.

Durante a mesa, a professora Dra. Herli Sousa destacou a importância do mestre João do Vale para a cultura maranhense e reivindicou que a academia propusesse mais momentos como esse.

“Queremos agradecer à Danielly que trouxe essa rica história de João do Vale, por meio de músicas e poesias. Momentos como estes enriquecem nosso saber e por isso estamos aqui promovendo esse espaço de diálogo com todos e todas para que se multiplique a ideia” reiterou a professora.

A Fulô – João do Vale

O projeto “A Fulô – João do Vale” é uma proposta de contar, por meio da música, a história de João do Vale, o Poeta do Povo. O projeto é dividido em três momentos: o espetáculo musical que acontece no Espaço Cultural Curro Velho, em Belém; uma oficina cultural voltada às crianças, também em Belém; ensaio imersivo e roda de conversa em Marabá (PA); e participação em mesa de debate em Imperatriz.

João Batista do Vale, conhecido artisticamente apenas por João do Vale foi um cantor, compositor e poeta maranhense que deixou um grande legado na história da música popular brasileira. De origem humilde, nascido na cidade de Pedreiras, João do Vale percorreu várias cidades até encontrar sucesso na capital carioca. Músicas como “Pisa na Fulô” e “Carcará” foram imortalizadas no cenário da cultural MPB.

João do Vale encantou-se aos 62 anos e deixou como presente sua vida e obra que são homenageados pelo espetáculo A Fulô – João do Vale.