Judiciário lança e-book sobre Diversidade e Antidiscriminação dia 1°/3

E-book “Diversidade e Antidiscriminação: Uma discussão necessária” será lançado a partir de 17h, na Universidade Ceuma (Renascença)
A Política de Diversidade do Poder Judiciário do Maranhão terá mais uma iniciativa de política afirmativa, com o lançamento do E-book “Diversidade e Antidiscriminação: Uma discussão necessária”. O evento de lançamento acontece no dia 1º de março, sexta-feira, às 17h, na Universidade Ceuma(Renascença), no auditório Expedito Bacelar.

A publicação com 32 artigos que abrangem temáticas de combate à discriminação e preconceito é coordenada pelo Comitê de Diversidade do TJMA com a parceria da Escola da Magistratura do Maranhão (Esmam), por meio do selo editorial Edições da Escola.

Por meio da Comissão Organizadora, formada pela Coordenação do Comitê, membros(as), servidores(as), magistrados(as) e convidados(as) de instituições de ensino, os 32 artigos que serão publicados foram selecionados entre mais de 52 inscritos.

ATOS NORMATIVOS 

O coordenador do Comitê de Diversidade, juiz Marco Adriano, avalia que a publicação cumpre diretrizes do Judiciário do Maranhão e também Nacional, a exemplo do Planejamento Estratégico do PJMA – Resolução GP 44/2021 para o quinquênio 2021-2026, que contempla entre seus valores o respeito à diversidade, visando reduzir as desigualdades e atingir a equidade, promovendo maior diversidade no Tribunal, em consonância com o pilar sociedade, que prevê o aperfeiçoamento de políticas e práticas de Diversidade e Inclusão. 

Alinha-se, ainda, às Políticas Judiciárias e às diretrizes institucionais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), vinculados aos macrodesafios de Garantia dos Direitos Fundamentais e Fortalecimento da Relação Institucional do Poder Judiciário com a Sociedade.

PERIODICIDADE

Este é o segundo E-book lançado pelo Comitê de Diversidade, que tem o objetivo de estimular, sistematizar, divulgar e oportunizar visibilidade às produções autorais de estudos teóricos, relatos de experiências, resultados de pesquisas, práticas e vivências em processos educativos acadêmicos, escolares, movimentos sociais e de comunidades. Também pretende fomentar a abordagem de temáticas antidiscriminatórias em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

O e-book será disponibilizado com acesso livre e gratuito, em âmbito nacional e internacional, no site da ESMAM e na página do Comitê de Diversidade, no Portal do Poder Judiciário. Os autores não receberão qualquer remuneração pela cessão nem pela publicação do texto submetido.