Jota Pinto propõe que Festejo de Nossa Senhora da Conceição seja Patrimônio Cultural Imaterial do Maranhão

O deputado Jota Pinto (Podemos) declarou, na sessão plenária desta quarta-feira (13), que protocolou junto à Mesa Diretora da Casa um projeto de lei que institui o Festejo de Nossa Senhora da Conceição, na Paróquia do Monte Castelo, em São Luís, como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Maranhão.

“O Festejo de Nossa Senhora da Conceição é o maior da Igreja Católica, em São Luís. O santuário precisa do reconhecimento desta Casa”, argumentou Jota Pinto.

O parlamentar acrescentou ainda que o Festejo de Nossa Senhora da Conceição começa geralmente no dia 8 de novembro e se estende até o dia 8 de dezembro.

“São mais de trezentas mil pessoas que participam das novenas, das missas e do grande ato celebrado no dia 8 de dezembro, que sempre acontece na Praça Maria Aragão”, salientou o deputado.

Ele lembrou que no dia 8 de dezembro de 2004, por solicitação do padre Wilson, que hoje é bispo de Imperatriz, diante de uma multidão de mais de 100 mil pessoas, Dom Paulo Pontes, que na época era arcebispo de São Luís, publicou o decreto de criação do Santuário Nossa Senhora da Conceição do Monte de Castelo.

“A partir dessa mudança, os festejos de Nossa Senhora da Conceição foram aumentando e tendo uma mudança da metodologia dos eventos da Igreja e, hoje, não só devotos de São Luís, mas de vários municípios do estado vêm para esse grande momento de fé e devoção. Portanto, apresento esse projeto a esta Casa com muita alegria no coração, pelo fato de também ser devoto de Nossa Senhora da Conceição, pedindo já o apoio de cada deputado e cada deputada para aprovação da matéria”, disse Jota Pinto.