Hospital de Câncer do Maranhão completa seis anos de assistência oncológica à população

“Está sendo muito bom poder realizar meu tratamento aqui, eu estou sendo muito bem acolhida e não tenho o que reclamar, apenas agradecer pelo tratamento que estou recebendo neste hospital”, afirma dona Lucilene Alves Fernandes, 56 anos, moradora do município de Santa Luzia do Tide. A dona de casa é uma das 52.378 pessoas atendidas pelo Hospital de Câncer do Maranhão durante os seis anos de funcionamento da unidade e conta que realiza tratamento em decorrência de um câncer de mama e a cada 21 dias realiza sessões de quimioterapia na unidade.

Inaugurado em 2014 pela gestão do governador Flávio Dino, o hospital, que nesta quarta-feira (26) completou seis anos de funcionamento, passou a atender exclusivamente pacientes oncológicos depois que o Governo entregou, em 2017, o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO). Até então, o Hospital de Câncer mantinha uma ala ortopédica na unidade.  

Só em 2020, o Hospital de Câncer já realizou mais de 1.289 cirurgias, 5.443 quimioterapias e 10.831 consultas até o mês atual. A diretora-administrativa do Hospital de Câncer, Ana Flávia Lustosa, destaca a importância do atendimento oferecido aos pacientes oncológicos de todo o Maranhão e a assistência humanizada que foi aperfeiçoada ao longo desses seis anos na unidade. 

“Ao longo dos anos viemos nos aperfeiçoando em relação à humanização, não somente do paciente, mais também do acompanhante que de certa forma fica internado junto com o familiar em tratamento. Hoje, dispomos de uma Casa de Apoio destinada aos familiares dos pacientes que vem do interior do estado. Além de uma série de projetos que costumam ser acompanhados pela Terapia Ocupacional, entre eles, o Cinema nas Enfermarias, que acontece semanalmente com rodízio das clínicas e também os trabalhos de pintura em tela e artesanatos. As ações são para minimizar o tempo de internação e o sofrimento de pacientes e familiares”, ressalta a diretora. 

O atendimento diferenciado é percebido pelos pacientes que fazem tratamento na unidade, como o André Luís Barcelos, de 48 anos. Ele é mecânico e depois de passar por uma operação de retirada de um tumor no intestino, está realizando quinzenalmente sessões de quimioterapia. Ele conta que só tem a agradecer pela assistência recebida no Hospital.  

“Estou lidando com essa doença como um recomeço, uma nova chance que Deus me deu para fazer as coisas certas e o Hospital de Câncer está me dando a oportunidade do tratamento. Aqui fui muito bem acolhido por todos os profissionais, que são atenciosos e nos tratam com muito carinho, eu tinha uma outra visão do tratamento e agora pretendo dar continuidade ao meu para poder finalmente dizer que estou livre do câncer”, afirma o paciente André Luís Barcelos. 

Outro destaque da unidade é a disponibilização aos pacientes das medicações excepcionais que são de alto custo, sem a necessidade de judicialização, o que ocasionou na redução desses processos judiciais.

Ambulatório e Serviço de Pronto Atendimento
Recentemente a unidade passou a contar com um anexo, que funciona no prédio da antiga Clínica São José e realiza atendimento ambulatorial de pacientes oncológicos, cuja capacidade diária pode chegar a 100 atendimentos, além de atender a demanda reprimida de pacientes, descentralizando os atendimentos antes realizados apenas no ambulatório do Hospital de Câncer. O anexo oferece ainda o Serviço de Pronto Atendimento (SPA), que antes funcionava no Hospital de Câncer, e dispõe de 45 leitos de emergência e 15 poltronas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.