Giro de Noticias

Honda lidera ranking de motos seminovas mais procuradas pelos brasileiros em outubro

A Webmotors, maior ecossistema automotivo do Brasil e principal portal de negócios e soluções para o segmento automotivo, anuncia o ranking das motos novas e usadas mais buscadas pelos brasileiros em outubro. 

O levantamento inédito mostra que as motocicletas top 1 tanto entre os modelos usados quanto entre os novos se mantiveram os mesmos em relação a setembro. Honda Cb 600f Hornet e Yamaha Xtz 250 Lander continuaram a ser, em outubro, as mais procuradas pelos consumidores em seus respectivos rankings.

Na lista das motos usadas, aparecem a Honda CG 160 Fan e a Honda PCX na segunda e terceira posições, respectivamente. No que se refere aos modelos novos, a Honda CG 160 Titan e a Yamaha Fz25 Fazer Abs recebem as medalhas de prata e bronze, nessa ordem. 

Top 1 também em outubro de 2021

Não é de hoje que a Honda Cb 600f Hornet é a moto seminova mais buscada pelos brasileiros. No mesmo mês de 2021, o modelo ocupava a mesma posição. Já no degrau mais alto do pódio entre as motos 0km houve uma mudança importante: a Elite 125i, da Honda, estava em primeiro lugar em outubro do ano passado e, um ano depois, não figura no top 10. 

Ranking da motos usadas mais buscadas em outubro no Brasil:

  1. Honda Cb 600f Hornet 
  2. Honda CG 160 Fan
  3. Honda PCX
  4. Yamaha Xtz 250 Lander
  5. Honda XRE 300
  6. BMW G 310 GS
  7. Yamaha XT 660R
  8. Yamaha NMAX 160 ABS
  9. Yamaha Ys 250 Fazer
  10.  Yamaha Fz25 Fazer Abs

Ranking das motos 0km mais buscadas em outubro no Brasil:

  1. Yamaha Xtz 250 Lander
  2. Honda CG 160 Titan
  3. Yamaha Fz25 Fazer Abs
  4. Honda CG 160 Fan
  5. Honda Cb 500 X Abs
  6. Yamaha NMAX 160 ABS
  7. Honda Adv 
  8. Royal Enfield Meteor 350
  9. Yamaha Xmax Abs 
  10.  Honda PCX

Sobre a Webmotors  

A Webmotors (www.webmotors.com.br) foi a primeira marca brasileira a inovar na forma de comprar e vender carros e atualmente é o principal portal de negócios e soluções para o segmento automotivo. Criada em 1995, no início da internet no Brasil, a empresa passou a ter o Grupo Santander Brasil como seu principal controlador a partir 2002 e em abril de 2013 celebrou a chegada da Carsales (empresa australiana de tecnologia, especializada no segmento automotivo), que adquiriu 30% do capital acionário da Webmotors e contribuiu ainda mais para a aceleração do seu crescimento nos últimos anos.  

A Webmotors conta com mais de 30 milhões de visitas mensais, entre usuários e clientes, que contam com um amplo e completo portfólio de serviços, que vai desde anúncios, tabelas de preço e conteúdo para o cliente final até soluções de gestão de inteligência de dados para lojas, concessionárias e montadoras.