Governo lança agenda de formação continuada em alfabetização para professores maranhenses

O Governo do Maranhão lançou, nesta quarta-feira (2), a agenda formativa 2021, do Eixo Alfabetização, no âmbito do Pacto pela Aprendizagem, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) com entidades e instituições parceiras. A solenidade, que ocorreu no canal da Seduc no YouTube, reuniu uma média de 3,8 mil pessoas entre gestores municipais e escolares, equipes técnicas municipais e educadores dos 217 municípios.

Em mensagem gravada aos participantes, o governador Flávio Dino destacou o compromisso do governo com a educação, como vetor de progresso social. “Nós acreditamos que a educação é uma política pública fundamental para que haja progresso social. Temos várias ações visando aprimorar essa atividade, que é essencial para que haja combate às desigualdades sociais e abertura de oportunidades para que nossas crianças e jovens realizem seus sonhos. O Pacto pela Aprendizagem é uma dessas medidas que o nosso governo implantou. A Constituição exige o chamado Regime de Colaboração entre o estado e municípios, e o Pacto é a tradução dessa visão que nós temos de ampla união em favor das boas causas fundamentais para o nosso estado”, enfatizou o governador.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, apontou que o país atravessa um momento que requer de todos compromisso e empenho para vencer os desafios enfrentados pela educação pública. “Precisamos trilhar esse caminho de volta para a escola. O foco do Governo do Maranhão é apoiar os municípios na oferta da educação infantil e o ensino fundamental. Faremos de tudo para ajudar os municípios a alfabetizar na idade certa. Agradeço todos os parceiros que estão conosco nessa missão, que estão ajudando muito o Maranhão para buscar o melhor para nossas crianças e juventude”, afirmou. 

O Pacto pela Aprendizagem é coordenado pela Secretaria de Estado da Educação e União dos Dirigentes Municipais de Educação do Maranhão (Undime-MA), em parceria com a Associação Bem Comum, Fundação Lemann, Fundação Vale, Instituto Natura e Unicef Brasil.

A secretária adjunta da Seduc e coordenadora do Pacto, Nádya Dutra, informou que nesse tempo de pandemia, o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria, tem estabelecido parcerias estratégicas para a implementação da Busca Ativa Escolar, com o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e de ações para o fortalecimento do ensino remoto. E ressaltou que a formação continuada em regime de colaboração é um permanente e orgânico ponto forte de relação com as Secretarias Municipais de Educação. 

“A atual conjuntura educacional é desafiadora. Nesse sentido, construímos uma força estadual de educação com o programa Escola Digna, que se transformou em lei em 2019. Nosso desejo é que esse ciclo formativo seja profícuo, principalmente com a alfabetização na idade certa, garantindo o acesso e permanência da criança com qualidade”, destacou.

Agenda Formativa

Compõem a Agenda Formativa 2021 do Eixo Alfabetização: Diálogos do Pacto pela Aprendizagem (momentos online com foco na articulação, na mobilização e na liderança técnico-política dos prefeitos, secretários e equipes técnicas); Webinário Formativos (Etapa da formação continuada em rede da equipe gestora e dos professores do Ciclo de Alfabetização); Ciclo Formativo Estadual e Municipal (Formação Continuada da equipe gestora e dos professores do Ciclo de Alfabetização); Busca Ativa (Implementação de estratégias de combate à evasão e ao abandono escolar); Seama (Realização de avaliação diagnóstica, somativa e de fluência em leitura); Reuniões Técnicas (Encontros com as equipes regionais e municipais para acompanhamento da implementação das ações formativas).

A formação se dará em dois módulos. No 1º módulo: Currículo e Alfabetização; e no 2º módulo: Ensino da Leitura e a Escrita, durante o período de junho a dezembro deste ano. 

A Seduc e parceiros disponibilizarão os materiais formativos em ambiente de aprendizagem, com pautas, formulários de monitoramento, guias de mídia, checklists e videoteca com acervo dos webinários realizados.

“Apesar de tudo que estamos passando, esse formato de formação é maravilhosa, pois não precisamos nos deslocar, e podemos participar, sem prejuízo, de qualquer lugar”, concluiu a professora Isberia Souza Coutinho, uma das participantes.