FIEMA participa do Workshop “Compliance e Integridade Corporativa na Comunidade Portuária”

SÃO LUÍS- O vice-presidente executivo da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Celso Gonçalo, esteve presente no Workshop “Compliance e Integridade Corporativa na Comunidade Portuária”, representando o presidente da Federação, Edilson Baldez. O evento promovido pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), na última quarta-feira (20), teve como destaque um bate-papo entre a instituição e representantes de entidades públicas e privadas sobre a rotina e projetos aplicados relacionados ao tema em cada uma delas.

Em sua fala, Celso Gonçalo destacou os procedimentos implantados pelo Sistema FIEMA, dando ênfase ao Programa de Certificação de Empresas (PROCEM), por meio do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores do Maranhão (PDF).

A coordenadora regional do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-MA), Michele Frota, destacou que o PROCEM capacita as empresas para implantação de um sistema planejado e organizado, gerando melhorias nos processos, além de minimizar custos e aumentar a confiança dos compradores, que passam a contar com empresas certificadas nos cinco principais eixos da gestão empresarial.

O encontro também marcou o lançamento do Prêmio Compliance Destaque, uma iniciativa da EMAP com o intuito de reconhecer e premiar as empresas que se destacam na implementação de programas de compliance e integridade corporativa no âmbito dos portos.

Participaram da mesa-redonda o secretário de estado de Transparência e Controle do MA, Raul Mochel; o superintendente da Controladoria Geral da União, José Antônio Freitas; o promotor de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Probidade Administrativa, Marco Aurélio Batista Barros; a consultora de Compliance da EMAP, Regiane Presot e a gerente de Compliance do Porto do Itaqui, Teresa Nina.

Estiveram presentes o secretário-chefe da Casa Civil, Sebastião Madeira; o presidente do Porto do Itaqui, Gilberto Lins, o coordenador do escritório de Compliance do Sistema FIEMA, Onildo Barros, além de representantes do setor portuário.