Estudantes, técnicos e profissionais movimentam a Expoema

Estudantes, técnicos e profissionais da área de ciências agrárias movimentaram o Parque Independência nesta segunda-feira (21), no segundo dia da 61ª Exposição Agropecuária do Estado do Maranhão (Expoema 2019), realizada pela Associação dos Criadores do Estado do Maranhão, em parceria com o Governo do Estado, a Prefeitura de São Luís e a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap). Eles participaram de visitas técnicas, palestras e cursos em vários espaços do parque, que continuarão ocorrendo até domingo (27).

As palestras sobre “Registro da Agroindústria de Laticínio”, “Prevenção da EEB”, “Mercado mundial de carnes bovinas, participação brasileira e barreiras “ e “Prevenção de Mormo e AIE”, e os cursos “Operação e Manutenção em Sistema de Irrigação”, “Derivados do Leite”, “Silagem” e “Doma Racional em Equinos e Muares – Rédeas” foram ministrados com o objetivo de repassar informações inovadoras a estudantes e profissionais.

“Trouxemos informações técnicas com a intenção de mudar essa concepção ainda predominante na região Nordeste de que só podemos domar os animais com uso da forca ou maus tratos”, explicou o instrutor do curso “Doma Racional em Equinos e Muares – Rédeas”, Victor Borgneth, que ministrou a formação para estudantes de Medicina Veterinária, Agronomia e Zootecnia.

O curso de Operação e Manutenção em Sistema de Irrigação pretende dar formação teórica e prática a estudantes e engenheiros agrônomos. Segundo informou o instrutor Ricardo Lucas, os alunos do curso poderão colocar em prática, no próprio Parque Independência, os conhecimentos adquiridos no stand do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). “É uma excelente oportunidade para atualizar os conhecimentos tão necessários para o exercício da nossa profissão”, declarou a engenheira agrônoma Maria Alves de Araújo, uma das participantes do curso.

Visitas técnicas
Também é constante no Parque Independência a presença de grupos de estudantes e universitários de ciências agrarias que, orientados por professores, realizam visitas técnicas a exposição. “Sempre participamos da Expoema, que é uma das oficinas de trabalho com nossos alunos. Aqui temos uma vitrine da agropecuária do Maranhão, que nos possibilita o conhecimento sobre processos de criação, padrão racial e genética dos animais, assim como nos dá a oportunidade de entender a importância desta exposição para nosso estado e para a formação profissional dos nossos alunos”, declarou a professora doutora Sonália Ferreira da Paixão, do IFMA campus Maracanã.

A importância da Expoema e do Parque Independência também foi destacada pelo professor Francisco Carneiro, do curso de Zootecnia da Universidade Estadual do Maranhão, que levou um grupo de estudantes de Medicina Veterinária, Agronomia e Zootecnia para uma visita técnica. “Este e um excelente espaço para ensino e pesquisa, pois aqui está exposto o trabalho dos produtores e criadores do Maranhão, que geram produtos que toda a sociedade consome. Defendemos que seja mantida a tradição da Expoema, e que este parque seja um espaço permanente de geração de conhecimento na área das ciências agrárias”, enfatizou ele.

Para o estudante do 6º período do curso de Zootecnia da Uema, Carlos Ferreira, na Expoema há uma rica variedade de espécies animais e equipamentos agropecuários que enriquecem o aprendizado acadêmico. “É importante sairmos da sala de aula para o campo. Vivenciar a teoria na prática enriquece o nosso conhecimento. Também entendo ser importante possibilitar que as crianças e a população em geral possam ter contato com os animais e entender a produção animal, tão importante em um contexto social em que tanta gente passa fome”, concluiu ele.

A programação da Expoema 2019 continua nesta terça-feira (22), com uma vasta programação de cursos e palestras, exposição de animais, mensuração e pesagem de ovinos e caprinos, julgamento de animais da raça quarto de milha e ordenha do concurso leiteiro. Os visitantes também poderão usufruir do parque de diversões, da área de lanchonetes e restaurantes, e dos stands de produtos agropecuários, equipamentos e das instituições participantes da Expoema 2019. Os rodeios terão início nesta quarta-feira (23) e os leilões começam quinta-feira (24).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.