O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

Educação Infantil de São Luís segue no ensino remoto e tem confirmação de matrículas por agendamento

Como forma de minimizar os impactos da pandemia no processo de ensino e aprendizagem e assegurar o cumprimento do calendário letivo de 2021, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) segue realizando atividades remotas com os alunos da rede nas 97 Unidades de Educação Básica (U.E.B.s), no segmento da Educação Infantil e Creche de São Luís, com atividades práticas e avaliativas.

“A educação é um direito da criança, assegurado pelo artigo 205 da Constituição Federal. Não podemos cancelar o ano letivo em função da pandemia. A criança tem o direito de ser atendida, ainda mais neste momento de desafios. É essencial a união do Poder Executivo e também da família, incentivada com a colaboração de toda sociedade”, ressaltou a secretária de Educação, Esmênia Miranda.

Para a professora Alba Coelho, da UEB Saraiva Filho, localizada no bairro Cajupe, Zona Rural de São Luís, os novos métodos de aprendizagem são muito válidos e importantes, a exemplo da motricidade fina. “Estamos conseguindo realizar um bom trabalho e ter uma boa devolutiva dos pais e responsáveis. Neste momento, nosso foco são as atividades de motricidade fina, que estimulam o escrever, o desenhar, o desenvolvimento da pintura, a colagem, o recorte de papéis. A coordenação motora fina é responsável pelo trabalho de pequenos músculos, localizados, principalmente, nas mãos e nos pés”, esclareceu. 

Olinda Araújo, técnica de acompanhamento da Educação Infantil da Zona Rural, conta como as atividades estão sendo aplicadas nesse período de distanciamento social. “As professoras da rede municipal criaram grupos de mensagens divididos por turma, e por meio do aplicativo é enviado, diariamente, vídeos temáticos, contação de histórias, dentre outras atividades. Todo o roteiro é enviado para que os pais realizem as atividades com as crianças em casa com toda segurança devido a esse período atípico que estamos vivendo”, disse. 

Confirmação de matrículas para Educação Infantil 

No dia 12 de Março, a Semed divulgou o resultado das matrículas dos estudantes da Educação Infantil para o ano letivo de 2021. Quarenta e sete crianças de três a cinco anos foram atendidas. Nos meses de fevereiro e março foram feitas as confirmações de documentos presencialmente de parte desses alunos, porém com a prorrogação das medidas para conter o avanço da Covid-19, por meio do Decreto Municipal n°56.894, de 12 de março de 2021, as entregas de documentos presenciais seguem por agendamento de acordo com cada gestor escolar. 

Segundo o coordenador de Estatística da Semed, Thyago de Oliveira, “agora a confirmação de matrícula está acontecendo por agendamento, a fim de evitar a propagação do Coronavírus. Os pais e responsáveis devem ir à escola escolhida e deixar o contato pessoal, para que o gestor possa fazer o agendamento, e posteriormente entrar em contato para efetuarem a entrega dos documentos necessários, sem aglomerações e obedecendo as medidas sanitárias”, explicou. Ainda de acordo com Thyago de Oliveira, “há vagas para as U.E.B.s de Educação Infantil, podendo ser preenchidas, no momento, direto na escola, deixando o contato na portaria, ou pelo e-mail matricula.saoluis@gmail.com”, informou. 

As informações declaradas durante a matrícula online serão confirmadas na escola com a entrega da documentação, de acordo com o agendamento dos gestores. Os pais e responsáveis devem aguardar o contato da escola para a entrega dos documentos. Caso os documentos não sejam apresentados ou tenham alguma pendência, as vagas serão oferecidas para novos estudantes.

Saiba mais 

Para realizar a confirmação de matrícula, é necessário apresentar os seguintes documentos: 

Cópia da certidão de nascimento e/ou RG; 

Duas fotos 3×4 recentes; 

Comprovante de residência legível e recente; ou declaração em casos de impossibilidade de comprovação por documentos oficiais; 

Declaração ou Histórico Escolar, se o estudante vier de outra escola; 

Os pais também precisam fornecer dados telefônicos válidos e variados que possibilitem uma comunicação eficaz entre escola e a família; 

Caso seja beneficiário do programa Bolsa Família, apresentar cópia do documento e NIS do responsável e do estudante; 

Para os estudantes da Educação Infantil, apresentar a cópia do cartão de vacinação atualizado contendo os registros.