Drive-thru contabiliza 84% de testes negativos para Covid-19 e inclui pessoas com deficiência no público-alvo

Funcionando há, aproximadamente, uma semana, o serviço de testagem para a Covid-19, via drive-thru, já contabilizou a realização de 4.224 testes. Do total de testes realizados até a quinta-feira (17), 84% foram negativos. O drive-thru é mais uma estratégia do Governo do Estado para manter a pandemia do novo coronavírus controlada no Maranhão. O serviço está disponível até o dia 30 e, além de atender gestantes e idosos, a partir de segunda-feira (21), inclui no público-alvo pessoas com deficiência. 

“Ao aumentar a testagem, ampliamos a capacidade de diagnosticar a doença. Diante do cenário controlado da doença no estado, nossa prioridade é testar a população mais vulnerável, o que justifica a definição do público-alvo da ação. A execução deste serviço mostra que, mesmo estando em situação estável em relação à pandemia, continuamos investindo em estratégias para minimizar os impactos da Covid-19 no nosso estado”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Do total de pessoas testadas no drive-thru, 16% tiveram o resultado positivo para a Covid-19, sendo 13,3% IgG (que já tiveram a doença e não transmitem mais) e apenas 2,7% IgM (casos ativos da doença). Os casos ativos e sintomáticos estão sendo encaminhados para os serviços de saúde para acompanhamento do quadro e para minimizar o risco de agravamento da doença. 

“A maioria dos casos positivos identificados no drive-thru são de assintomáticos. Os pacientes que apresentam sintomas e que requerem maiores cuidados são encaminhados para o ambulatório que está funcionando no HCI”, destaca o secretário adjunto de Atenção à Saúde da SES, Carlos Vinícius.

O presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Marcos Grande, destaca a importância do serviço. “Todo atendimento foi pensado para facilitar a vida do paciente e garantir assistência. O público-alvo da ação é formado por pessoas que são mais vulneráveis à doença, por isso, muitos têm receio de procurar um serviço de saúde por medo de contaminação”, conta.      

Público-Alvo

A partir de segunda-feira (21), entram no público-alvo da testagem via drive-thru pessoas com deficiência. 

Para ter acesso ao serviço, os idosos precisam ter mais de 60 anos, as gestantes devem apresentar o cartão gestante e as pessoas com deficiência devem portar laudo médico. Todos devem apresentar documento de identificação com foto. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, no estacionamento do Multicenter Negócios e Eventos, do Sebrae.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *