.

Dicas para mobiliar sua casa e deixá-la renovada

Depois de conquistar o sonho de ter a própria casa, o próximo passo é escolher as mobílias e decorações que combinem com seu estilo de vida e te ajudem a ter tudo que um lar precisa: praticidade e conforto. 

No entanto, principalmente para quem está realizando essa missão pela primeira vez, nem sempre é fácil definir quais são as prioridades, descobrir quais são os itens indispensáveis e tampouco como otimizar os espaços. 

Não à toa, quem está passando por esse processo utiliza como principal aliado os sites de busca disponíveis na internet, que facilitam tanto para quem está procurando dicas no estilo faça você mesmo, quanto para quem quer dicas de onde e como comprar móveis e afins. 

Segundo a varejista britânica Next, os principais temas buscados variam entre como pintar paredes e móveis, estilos de decoração em alta e como mobiliar e otimizar ambientes pequenos. 

Pensando nisso, reunimos aqui algumas dicas que podem te ajudar nesse momento de construção e renovação do seu lar. Acompanhe! 

Faça um bom planejamento 

A primeira dica para começar a montar o seu lar é fazer um bom planejamento de tudo o que precisa e deseja nessa fase inicial. 

Faça um mapeamento da área do imóvel, tire as medidas e defina o orçamento disponível para adquirir itens como móveis e eletrodomésticos. 

O ideal é fazer uma lista de tudo que não pode faltar em casa para o dia a dia, começando pelos que considera mais importantes e deixando por último os itens mais supérfluos, que podem ser adquiridos num segundo momento. 

Se preferir, você pode separar por cômodos para garantir que não vai se esquecer de nada. 

Cozinha

  • Geladeira
  • Fogão
  • Mesa e cadeiras
  • Panelas e utensílios de uso doméstico

Quarto

  • Cama e colchão
  • Guarda-roupas
  • Itens de decoração

Sala de estar

  • Sofá
  • Estante ou rack
  • Itens de decoração

Banheiro / Lavanderia

  • Chuveiro
  • Gabinete ou móvel para dispensa
  • Máquina de lavar roupas

Com a listagem em mãos, vale fazer uma boa pesquisa em lojas e sites especializados para garantir o melhor custo-benefício nos itens que precisa, visando deixar uma reserva para investir nos itens mais supérfluos.

Investindo nos itens de decoração

Depois de garantir os principais móveis e eletrodomésticos, é hora de investir em itens de decoração que vão dar um toque de personalidade e deixar seu lar ainda mais aconchegante. 

Se você não tem ideia de qual estilo é mais a sua cara, pode usar a internet a seu favor para pesquisar tendências e conhecer alguns tipos de decoração que se encaixam naquilo que está buscando. 

Uma boa ferramenta de pesquisa é o Pinterest, rede social de compartilhamento de fotos onde é possível encontrar milhões de ideias para aplicar na sua casa, inclusive com opções voltadas para quem quer fazer tudo no estilo DIY (Do it yourself).

Otimizando os espaços em casa

Ter um espaço limitado não precisa ser sinônimo de bagunça e desorganização. Por isso, a principal dica para otimizar os espaços é justamente investir em uma quantidade menor de móveis, mas que sejam multifuncionais. 

Dê preferência para móveis pequenos, que possam ser acomodados sem ocupar muito espaço, não deixando de cumprir sua principal função. 

Explore os cantinhos com o uso de puffs, banquetas e outros móveis para acomodar seus pertences que, quando não estiverem em uso, podem servir para receber amigos e familiares em casa.

Móveis embutidos e verticais são igualmente uma opção para deixar a casa ainda mais prática e funcional, sendo extremamente úteis quando não há muito espaço para guardar e organizar.

Soluções para imóveis pequenos

Para além das dicas que mencionamos acima, existem ainda algumas soluções capazes de tornar sua rotina e seu dia a dia mais práticos, considerando o espaço cada vez mais limitado dos imóveis nas grandes cidades. 

Lavanderias coletivas, espaços de cozinha e lazer compartilhados e até mesmo soluções de self storage tem se mostrado excelentes aliadas quando o assunto é ganhar espaço, ter praticidade e ainda economizar. 

Isso porque, os custos que envolvem ter uma máquina de lavar vão além do valor do próprio eletrodoméstico, que ocupa espaço e consome uma parcela significativa na conta de luz. 

A mesma premissa se aplica à solução de guarda tudo em São Paulo, que auxilia principalmente nos casos em que há uma migração, de um imóvel maior para uma casa menor. 

Ideal para guardar os móveis e pertences que não está usando no momento, esse tipo de espaço pode ser usado tanto para finalidades pessoais, quanto para empresariais. Vale a pena conhecer!