Dia Mundial da Gentileza: pequenas atitudes que fazem a diferença

“Posso ir ao supermercado para você?”. Foi esse o bilhete que a gerente de empresas, Fernanda Cunha colocou no mural informativo do condomínio onde mora, durante o lockdown em São Luís. “A ideia veio de um tio de uma amiga minha lá de Belo Horizonte (MG), que fez a mesma ação. Quando tomei conhecimento do que ele havia feito, fiquei refletindo sobre o quê e como eu também poderia fazer para ajudar o próximo diante dessa situação”, esclareceu.

A atitude da gerente e seus amigos, lembrada nesta sexta-feira (13), Dia Mundial da Gentileza, nos faz acreditar em uma sociedade mais preocupada com o próximo.  Para a psicóloga Celiane Chagas, do Hapvida Saúde, a gentileza é a base para qualquer relacionamento social. “Ser gentil e se colocar no lugar do outro, ser sensível a dor e estender a mão para ajudar. A doença trouxe uma sensação de fragilidade, vulnerabilidade e impotência nas pessoas, por ser uma condição que pode afetar a todos e afetar de forma fatal aqueles que estão no grupo de risco. Por isso, muitas pessoas passaram a colocar em prática a empatia e a gentileza, justamente por entender que a união nesse momento pode ser uma das principais estratégias para minimizar os impactos do vírus”, revelou a especialista.

Praticar atos gentis no dia a dia é bom não só para quem recebe, mas para quem faz. Foi o que mostrou um estudo divulgado por psicólogos da Universidade de Sussex, no Reino Unido. Ao analisarem imagens do cérebro de mais de mil pessoas durante a tomada de decisões gentis, os pesquisadores perceberam que a generosidade ativa de forma surpreendente a área responsável pela sensação de recompensa. “Numa experiência prazerosa, o cérebro produz um neurotransmissor chamado dopamina, que ativa o sistema de recompensa, localizado na área onde temos muita força de sobrevivência, que nos leva à ação. Gerando o sentimento de satisfação aos ser gentil”, explicou a psicóloga. 

Ser gentil ajuda ainda a estabelecer laços, pois cria uma ordem mais afetiva com os outros. “Uma sequência de reações amistosas gera um ambiente acolhedor provocando uma sensação de bem-estar. Por isso, a gentileza tende a deixar as pessoas mais felizes”, contou Celiane Chagas.

Agora que você já conhece os benefícios se ser gentil, que tal fazer uma lista de gentilezas e colocar em prática? A sua atitude não vai mudar só o seu dia, como também o de todos que o rodeiam. Para te ajudar nessa tarefa, selecionamos 10 ações simples para celebrar o Dia Mundial da Gentileza. Veja: 

  • Ceda seu lugar no ônibus para quem está em pé ao seu lado. 
  • Ofereça ajuda para alguém mais velho
  • Abra a porta para alguém entrar primeiro
  • Peça desculpas
  • Elogie o trabalho de alguém
  • Compartilhe seu guarda-chuva com um estranho
  • Seja o ouvido amigo para alguém que tenha um problema
  • Doe coisas que não servem mais para quem mais precisa
  • Cumprimente as pessoas com sorriso: bom dia, boa tarde, ou boa noite
  • Envie uma mensagem positiva para quem você admira