.

Dia Internacional da Enfermagem: conheça diversas áreas de atuação dos profissionais 

O 12 de maio foi instituído como Dia Internacional da Enfermagem em homenagem ao nascimento de Florence Nigthingale, em 1820, considerada pioneira da enfermagem moderna. No Brasil, a celebração também homenageia Ana Néri, primeira mulher a se alistar voluntariamente em combates militares. 

Nos dias atuais o mercado de trabalho para o profissional de saúde está passando por avanços significativos. Este fato não se deve apenas a pandemia do coronavírus, mas sobretudo porque a categoria está ampliando suas áreas de atuação.  

O profissional de Enfermagem atua na promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde, com autonomia e em consonância com os preceitos éticos e legais. Estamos presentes na docência em universidades, coordenação, liderança de equipes, gestão de unidades. Cada dia mais qualificados para o atendimento direto ao paciente”, diz Janaina Lima, coordenadora do curso de Enfermagem da faculdade Pitágoras. 

Atualmente, os enfermeiros têm possibilidades de desenvolver atividades com assistência direta ao paciente, docência, gestão hospitalar, pesquisa, empreendedorismo, entre outros. A Organização Mundial da Saúde estima que até 2030 o mundo tenha uma necessidade de nove milhões de enfermeiros para atingir a meta de cobertura universal da saúde. 

A especialista fala sobre as oportunidades de emprego. “A categoria tem avançado de modo diversificado, ampliando cada vez mais suas áreas de atuação. O momento é favorável para profissionais de saúde, com vagas disponíveis e chances ainda maiores para quem prioriza a qualificação profissional”, orienta. 

O enfermeiro é um profissional muito requisitado em diversas instituições de saúde, como hospitais, clínicas médicas, postos de saúde, laboratórios. Além destas, conheça outras áreas em que um enfermeiro pode atuar: 

Hospitalar: atua em diversas instituições de saúde públicas e privadas ao lado de médicos, prestando os primeiros socorros a pacientes, atualização de prontuários e administração medicamentosa. 

Geriátrica: profissional especializado no atendimento de pessoas idosas. Pode trabalhar em hospitais, clínicas de repouso e asilos. Também presta atendimento domiciliar. 

Emergencial: atua em prontos-socorros e unidades de atendimento de urgência e emergência.  

Cirúrgica: O enfermeiro prepara os pacientes, explica os procedimentos, testa os equipamentos que serão utilizados, esteriliza os instrumentos, sendo responsável também pelos procedimentos pós-operatórios. 

Enfermeiro Obstetra e Obstetriz: atua na assistência às gestantes, parturientes, puérperas e recém-nascidos nos Serviços de Obstetrícia, Centros de Parto Normal e Casas de Parto e demais locais onde ocorra essa assistência. 

Resgate: atende vítimas no local de acidentes ou calamidades. Integra equipes de salvamento para prestar os primeiros socorros, analisar as condições dos pacientes e transportá-los de maneira segura até um hospital. 

Domiciliar: presta assistência na casa dos pacientes. Realiza os mesmos serviços como se estivesse em um hospital, mas sem todos os equipamentos e rotinas destes ambientes.