.

Deputados lamentam morte de sargento assassinado em ônibus

Os deputados Wellington do Curso (PCdoB) e Yglésio Moyses (Pros) lamentaram, na sessão plenária desta quarta-feira (16), a morte do 2º sargento da Polícia Militar do Maranhão Antônio Carlos Marques Santos, de 54 anos, assassinado em São Luís, na noite de terça-feira (15), durante assalto a ônibus.

O primeiro a abordar o assunto, no tempo do Pequeno Expediente, foi o deputado Wellington do Curso. “Infelizmente, nós perdemos mais um homem da Polícia Militar, mais um herói e um guerreiro da nossa Assembleia Legislativa”, ressaltou.

O deputado acrescentou que o sistema de segurança pública do Maranhão clama por socorro. “Nossa segurança pública pede a nomeação de mais aprovados em concurso, a compra de mais viaturas, de mais equipamentos e clama pelo fortalecimento do aparato de policiais militares e civis”.

Wellington frisou, também, em tom enfático: “Nesta Casa tem um deputado que defende, que luta, que sofre e que chora, como nós temos um militar aqui abatido, que teve sua vida ceifada. Mais uma vez, as nossas condolências, o nosso respeito aos familiares e amigos. Que Deus proteja o Maranhão. Bem-aventurados aqueles que têm fome e sede de justiça”.

Yglésio Moyses (Pros), de igual modo, lamentou a morte do 2º sargento. Ele frisou que a escalada da violência urbana é cada vez mais preocupante. “À medida que a crise econômica se agrava e as pessoas vão tendo maior dificuldade em suas vidas, a criminalidade avança, e nós somos vítimas dessa violência”, enfatizou.