.

Corregedoria realiza plano tático na 2ª Vara de Coelho Neto

A Coordenadoria de Planejamento Estratégico da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-MA) realiza, nos dias 13 e 14 de setembro, visita estratégica na 2ª Vara da Comarca de Coelho Neto (369 km da Capital) para implementar plano tático. A iniciativa visa aprimorar a gestão administrativa para repercutir na melhoria da prestação jurisdicional à população.

A ação prevista no Plano de Gestão da CGJ – Biênio 2022/2024, atende à Diretriz 1 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que recomenda às corregedorias de Justiça do país, “Desenvolver projeto de trabalho junto às unidades jurisdicionais com maior dificuldade em atingir as metas nacionais 1 e 2 ou com recorrente excesso de prazo de conclusão”.

A partir de relatórios instruídos com dados do sistema Termojuris, a equipe de Planejamento Estratégico da CGJ elabora um plano, em conjunto com juízes e servidores das unidades atendidas, com propostas de mudanças ou acréscimos de rotinas padronizadas e fluxos processuais, com vistas à movimentação de processos e cumprimento aos comandos e mandados judiciais.

A 2ª Vara de Coelho Neto possui um acervo total de 6093 processos, sendo 2444 a julgar. Recebeu 880 novas ações neste ano, baixou 1447 processos e está inserida no grupo de acompanhamento da Coordenadoria de Planejamento Estratégico, determinado quando a unidade atingir mais de 200 processos conclusos há mais de 100 dias em 6 datas de referência; não ter alcançado a Meta 1 em pelo menos 1 ano nos últimos 3 anos; não ter alcançado a meta 2 em pelo menos 1 ano nos últimos 3 anos; e possuir mais de 1200 processos aguardando movimentação há mais de 100 dias. 

A juíza Tereza Nina afirmou que o plano tático é uma das prioridades da atual gestão do desembargador Froz Sobrinho, corregedor-geral da Justiça, e que a 2ª Vara de Coelho Neto é a 13ª unidade judicial a receber esse trabalho de acompanhamento em pouco mais de 120 dias de gestão. “Em um trabalho planejado, simultaneamente à realização das visitas estratégicas e plano tático, a Corregedoria está implantando Pontos de Inclusão Digital do projeto Justiça de Todos nos termos judiciários que não são sede de comarcas, com o objetivo de ampliar o acesso do cidadão ao Judiciário e conferir maior agilidade e eficácia ao trabalho de juízes e servidores”, ressaltou a magistrada.

O plano tático na 2ª Vara de Coelho Neto prossegue nesta quarta-feira, 14, momento em que magistrado e servidores vão trabalhar a matriz SWOT – pontos fracos, fortes, ameaças e oportunidades -, e desenvolver o plano de ação, sob orientação da equipe da Corregedoria.

Equipe da CGJ desenvolve plano tático na 2ª Vara de Coelho Neto

Ao final do primeiro dia (13), o secretário judicial Lucas Barbosa avaliou positivamente o trabalho da Coordenação de Planejamento Estratégico junto à unidade. “Foi muito proveitoso esse primeiro contato, pois pensávamos que era algum tipo de correição, mas não, a Corregedoria apontou caminhos para as dificuldades identificadas em diagnóstico da nossa unidade, aprendemos muito sobre o termojuris e como ele pode colaborar com nosso trabalho. Já estamos na expectativa do segundo dia, temos certeza que essa iniciativa vai aprimorar a nossa gestão de Secretaria Judicial”, avaliou o servidor.

UNIDADES ATENDIDAS

A Coordenação de Planejamento Estratégico da Corregedoria, na atual gestão do corregedor-geral Froz Sobrinho, já atuou em diversas unidades. Esteve na 3ª Vara de Itapecuru-Mirim; Vara Única da Comarca de Anajatuba; Vara Única de Senador La Rocque; 1ª Vara da Fazenda Pública de Imperatriz; Vara Única da Comarca de Humberto de Campos; e em Timon na Vara da Família e 2ª Vara Criminal; 1ª Vara de Porto Franco; Vara da Mulher de Imperatriz; 7ª Vara Cível de São Luís; 1ª e 2ª varas da Comarca de Grajaú.

Nos próximos dias a CGJ vai realizar plano tático no Juizado Especial de Timon; 8ª e 9ª varas da Fazenda Pública de São Luís; 1ª Vara Cível de São José de Ribamar; Vara Única de Itinga do Maranhão; 1ª Vara de São Mateus; Vara Única de Montes Altos; Vara Única de Vitória do Mearim; Vara Única de Monção; Vara Única de Barão do Grajaú; Vara Única de Matões; e 2ª Vara de Presidente Dutra.