O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

César Pires destaca importância do debate sobre situação socioeconômico do Maranhão

O deputado César Pires (PV) destacou a importância da troca de informações oficiais sobre a situação socioeconômica do Maranhão ao relatar a reunião que ele promoveu, na semana passada, com o dirigente estadual do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no estado, Marcelo Melo, com a participação de outros parlamentares e consultores técnicos da Assembleia Legislativa.

O encontro, de acordo com o deputado, terá sequência nesta quinta-feira (23), às 10h, na Sala das Comissões da Assembleia, reunindo representantes do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC), do IBGE e da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem).

“Agradeço pela vinda do dirigente do IBGE e a participação dos deputados Socorro Waquim, Zito Rolim e Marcos Caldas, assim como dos consultores da Assembleia Legislativa, que enriqueceram o debate sobre o assunto. Desse encontro nasceu a necessidade de ouvirmos, também, o IMESC e de estabelecermos parceria com o IBGE, para facilitar o acesso dos técnicos legislativos a esses dados”, enfatizou César Pires.

Dados

O deputado destacou alguns dados apresentados pelo dirigente do IBGE, como as taxas de desemprego e desocupação dos maranhenses. “O Maranhão tem, atualmente, 17.2% de desocupados, ou seja, pessoas que procuraram emprego e não encontraram nem na informalidade. Mas o mais difícil é saber que nós temos pessoas desalentadas, ou seja, que não mais procuram emprego, pois já se cansaram e estão desestimuladas. Enquanto que no Brasil são 5% da força de trabalho desalentada, e no Nordeste 11%, no Maranhão essa taxa chega a 18.6% da população acima de 14 anos. É uma triste realidade”, disse.

César Pires também revelou dados referentes a nível de escolaridade, procura por serviços de saúde, acesso a redes de água e esgoto, coleta de lixo e regularização de imóveis, já que cerca de 40% da população maranhense não tem a propriedade de seus imóveis.

“É uma construção de conhecimento, de interpretação de dados que facilitará muito os nossos pronunciamentos e o nosso compromisso com a sociedade. Por isso, convidamos todos a participar de mais um encontro sobre a situação socioeconômica do Maranhão, nesta quinta-feira”, finalizou César Pires.