Campanha Educador de Valor 2023 reconhece professoras, estudantes e escolas

A iniciativa mobilizou os territórios de atuação do Instituto Alcoa. Desafio de histórias em quadrinhos, para indicar educadores(as), teve mais de 560 participações.
No próximo dia 25 de outubro, às 10 horas, a Campanha Educador de Valor 2023, uma iniciativa do Instituto Alcoa, que visa promover uma ampla mobilização em seus territórios de atuação para a valorização dos profissionais da Educação, realiza o evento de reconhecimento das duas educadoras mais citadas no desafio de histórias em quadrinhos. Também serão reconhecidos um aluno e uma aluna e as escolas com mais participações na campanha.

Com o tema “O reconhecimento de estudantes aos educadores de valor”, esta edição da Campanha recebeu mais de 560 histórias em quadrinhos de São Luís (MA), Poços de Caldas (MG), Caldas (MG) e Divinolândia (SP), e contou com a participação de estudantes de 32 escolas desses municípios.

“Neste ano, promovemos algumas mudanças na Campanha com o objetivo de envolver ainda mais os estudantes, e o resultado foi impressionante. Essas centenas de desenhos trazem a relação de alunos e alunas com suas(seus) educadoras(es), histórias de vida, relacionamento com a comunidade escolar e o aprendizado no cotidiano. Os estudantes e toda a comunidade se envolveram nas produções, que têm como proposta valorizar aqueles e aquelas que se dedicam por uma educação pública de qualidade”, contextualiza Monica Espadaro, diretora executiva de operações do Instituto Alcoa.
Homenageadas(os)

As educadoras que serão reconhecidas no dia 25 de outubro são: Marcelia Leal Silva, com 27 anos na Educação e professora do Ensino Fundamental II no Centro de Ensino Lúcia Chaves e na Escola de Ensino Fundamental Professor José da Silva Rosa, em São Luís, no Maranhão, e Paula Marcela de Junqueira e Silva, educadora há 12 anos e professora do Ensino Fundamental II na Escola Municipal Dona Mariquinhas Brochado, em Poços de Caldas, Minas Gerais.
Também serão reconhecidos o aluno Francinaldo Gomes da Silva, de São Luís (MA), e a aluna Luana Aparecida de Oliveira, de Poços de Caldas (MG).
Em 2023, as unidades de ensino com o maior número de participantes na Campanha também serão celebradas. São elas: Escola Municipal Dona Mariquinhas Brochado, com 153 desenhos (Poços de Caldas – MG), e a Unidade de Ensino Básico Prof José da Silva Rosa, com 38 desenhos, (São Luís – MA).
As histórias das duas educadoras e os desenhos do aluno e da aluna que serão reconhecidos(as) estão no site educadordevalor.com.br. Acompanhe a divulgação da campanha nas redes sociais do Instituto Alcoa: @institutoalcoa

Valorização
Como parte do reconhecimento, as educadoras, o aluno e a aluna e as escolas receberão, cada, um tablet, um celular e um notebook, respectivamente, do Instituto Alcoa, divulgação de suas histórias nos veículos de comunicação do Instituto Alcoa e participação em uma atividade virtual e presencial sobre a temática de valorização de educadores(as), o evento de reconhecimento, a ser realizado no dia 25 de outubro.

O encontro virtual contará com a participação de Natália Sierpinski, mestre em Comunicação, licenciada em Educomunicação, roteirista de História em Quadrinhos e coordenadora educacional, para refletir sobre os desafios do Brasil na valorização dos profissionais de Educação e nos inspirar.

O evento é aberto para os cidadãos(ãs) de todos os territórios de atuação do Instituto Alcoa e para a sociedade em geral. Além disso, cada localidade está planejando um momento de reconhecimento presencial.

Informações do evento de reconhecimento – Campanha Educador de Valor 2023
Dia: quarta-feira, 25 de outubro de 2023
Horário: 10h às 12h
Link de acesso ao encontro (não é necessário inscrição prévia): https://bit.ly/3Fglgf7
Evento gratuito, online e aberto a todos os interessados.

Sobre o Instituto Alcoa – Fundado em 1990 no Brasil, o Instituto Alcoa é um instituto empresarial sem fins lucrativos, que tem o propósito de transformar coletivamente os territórios em que a Alcoa está presente – Poços de Caldas, em Minas Gerais; São Luís, no Maranhão; e Juruti, no Pará, a fim de torná-los mais inclusivos e menos desiguais. Para isso, o Instituto Alcoa promove iniciativas em Educação e Geração de Trabalho e Renda, causas estruturantes para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa, além de incentivar a participação social e o diálogo em torno das causas como forma de mobilização para o engajamento. Sua atuação se conecta às políticas públicas e agendas de interesses globais, como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).