.

Maranhão registrou mais de 1,2 milhão de famílias contempladas pelo Auxílio Brasil em novembro

Em novembro, o Maranhão registrou 1.245.587 famílias beneficiadas pelo Auxílio Brasil. Para o pagamento, o programa federal repassou mais de R$ 740,3 milhões ao estado. Serão atendidos todos os 217 municípios. Os dados são do Ministério da Cidadania, responsável pelo programa.

A Região Nordeste concentra o maior número de brasileiros atendidos e contou com a inclusão de 195.001 novos beneficiários neste mês. Com isso, o número total de famílias contempladas, em novembro, nos nove estados nordestinos, ultrapassa 9,9 milhões. Foram repassados mais de R$ 5,9 bilhões de recursos federais aos 1.794 municípios da região.
 


O destaque no Nordeste ficou para a Bahia, com 2.627.853 famílias beneficiadas, que também registrou o maior número de contemplados do país. A sequência, na região, segue com Pernambuco (1.710.219), Ceará (1.506.485) e Maranhão (1.245.587).

Os pagamentos de novembro do Auxílio Brasil tiveram início na quinta-feira (17). Os beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 1 foram os primeiros a receber a nova parcela do auxílio. O cronograma escalonado de repasses segue o calendário oficial: os beneficiários com NIS de final 2 receberam o pagamento no dia 18, seguindo sucessivamente os dias 21, 22, 23, 24, 25, 28, 29 e 30 de novembro, quando ocorrem os últimos pagamentos, deste mês, para os beneficiários com NIS de final 0.
 


Nacional

Em todo o país, o programa atingiu mais um recorde histórico de famílias atendidas e de recursos transferidos. De outubro para novembro, 500 mil famílias foram incluídas. Serão mais de 21,53 milhões de famílias assistidas, fruto de um investimento federal de mais de R$ 13 bilhões. Os recursos serão repassados aos municípios brasileiros, com valor médio para cada família de R$ 607,57.

O Nordeste foi a região com o maior número de contemplados, onde 195.001 novas famílias foram incluídas no programa desde outubro. Assim, o número total de atendidos, nos 1.794 municípios dos nove estados da região, ultrapassa 9,9 milhões de famílias.

Quem tem direito?

O Auxílio Brasil é voltado a famílias em situações de extrema pobreza e de pobreza, além de famílias em regra de emancipação. São consideradas, em situação de extrema pobreza, as famílias com renda familiar mensal per capita de até R$ 105,00. Já aquelas em situação de pobreza têm renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210,00.

Como ter acesso ao benefício?

As famílias que preencherem os requisitos para ter acesso ao Auxílio Brasil devem estar inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). A inscrição pode ser feita neste endereço eletrônico.

Depois de ser incluído no Cadastro Único, o interessado precisa confirmar os dados em uma entrevista presencial a ser realizada em um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) das prefeituras.

Fonte: Ministério da Cidadania