Bombeiros maranhenses participam de curso de salvamento no Paraná

Um total de 32 militares do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) participam do curso Instrução de Salvamento Veicular, que é realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Paraná (CBMPR). A formação é referência nacional no que refere a operações de resgate em acidentes de trânsito. A capacitação entra em nova etapa, com aulas em carros elétricos e veículos pesados – caminhões e ônibus. Os treinamentos vão ser em Foz do Iguaçu, próxima semana.

O comandante-geral do CBMMA, coronel Célio Roberto, avaliou o curso como uma experiência que vai qualificar, ainda mais, os militares maranhenses. “Eles terão acesso a novas técnicas e procedimentos que serão aplicados nas operações de salvamento deste porte, garantindo mais eficiência. Seguimos com o direcionamento do governador Carlos Brandão, em proporcionar avanços na formação da tropa, e este é um curso muito importante e de referência nacional, representando um grande legado para nossos militares”, ressaltou.

A delegação do CBMMA em território paranaense é composta por 17 alunos do Curso de Salvamentos Especiais (CSEsp) e 15 Águias, como são chamados os bombeiros que conseguem concluir essa especialização. 

Integrante da coordenação do CSEsp do CBMMA, major Ícaro Gabriel Greinert destacou o simbolismo da formação para aperfeiçoamento dos profissionais. 

“Com a mudança de cenários e a utilização de veículos de modo muito próximo à realidade das ocorrências, tem sido uma experiência espetacular. A escolha pelo Paraná para ministrar o módulo se deu justamente por essa expertise. Tem sido tão bom para quem, como eu, já é formado no Curso de Salvamentos Especiais, e para os alunos, mais ainda, poder participar desta formação de nível nacional”, ressaltou o major Ícaro Greinert.

Para o 1° sargento Rodrigo Twardowsky Bova, que integra a equipe de instrutores do curso, “é uma grande oportunidade para ampliar nossa formação e reforçar nossos conhecimentos técnicos. Considerando ser este um curso de referência nacional e que abrange procedimentos importantes para êxito das ações de salvamento veicular”.

“Estamos realizando um dos mais referenciais treinamentos neste segmento e, certamente, será uma soma de aprendizado de novas técnicas e procedimentos para promoção de um trabalho mais eficaz”, ressaltou o 1° tenente Edison Feijó Junior, da equipe de instrutores convidados.

Capacitação

O Corpo de Bombeiros entende como salvamento veicular toda a disciplina relativa ao atendimento de acidentes de trânsito – inclusive a escolha da viatura a ser mobilizada e a sistemática desse deslocamento. A operação de resgate de vítimas no interior dos veículos é complexa e envolve várias etapas distintas.

O procedimento precisa ser o mais assertivo possível e, de preferência, no menor tempo, pois, dependendo dos ferimentos, a demora pode dificultar a sobrevivência da vítima.