Comissão de Gestão Ambiental do MPMA promove oficina de produção de mudas

A Comissão de Gestão Ambiental do Ministério Público do Maranhão promoveu, nesta terça-feira, 11, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, sua reunião do mês de julho. Na ocasião, foi realizada uma oficina de produção de mudas.

A presidente da Comissão, procuradora de justiça Mariléa Campos dos Santos Costa, destacou a importância de compartilhar informações que resultem em benefícios para o meio ambiente. “Trouxemos hoje essa oficina porque é muito importante que tenhamos esses conhecimentos que ajudam na preservação do meio ambiente”, destacou.

A promotora de justiça Alessandra Darub, chefe de Gabinete da Corregedoria-geral do MPMA e integrante da Comissão, acrescentou que o conhecimento adquirido é multiplicado para as famílias e pessoas próximas. “Tudo o que aprendemos nas reuniões da Comissão de Gestão Ambiental levamos para as nossas casas, nossas famílias. Isso é muito importante”, comentou.

Oficina

A professora Ariadne Rocha, do curso de Agronomia da Universidade Estadual do Maranhão, iniciou a oficina falando das funções socioambientais das plantas, como produção de medicamentos, comida, ornamentação, além de garantia de momentos de terapia e relaxamento para quem cultiva plantas.

Em seguida, a professora falou sobre o que é necessário para uma planta crescer, destacando, por exemplo, os tipos ideais de solo e a maneira correta de realizar a adubação. “A terra tem duas funções: estrutura, para o crescimento das raízes, e os nutrientes necessários para que a planta possa sobreviver”, ensinou.

Após a parte teórica, Ariadne Rocha mostrou na prática o cultivo de mudas de boldo, insulina e manjericão. Os integrantes da Comissão puderam produzir suas mudas, utilizando o material disponível no viveiro da Procuradoria-Geral de Justiça, e levar as plantas para casa.