Ambulatório da Clínica São José segue prestando assistência a casos diagnosticados com a Covid-19 em São Luís

Referência na capital maranhense para diagnóstico e assistência a casos do novo coronavírus, a Clínica São José segue oferecendo serviço ambulatorial à população. O equipamento funciona de segunda a sexta, das 8h às 18h, e presta assistência a pacientes encaminhados pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), que são porta de entrada para atendimento aos casos suspeitos do novo coronavírus na Região Metropolitana de São Luís.

“Outras unidades, como o Hospital Carlos Macieira e as UPAs, se organizaram para voltar às atividades normais. Com isso, a Clínica São José também passou a ser referência de atendimento de casos suspeitos da doença. A triagem inicial é feita nas UPAS, que encaminha para a clínica, com van própria, pessoas com sintomas da Covid-19. A unidade ajuda a reduzir as chances de propagação do vírus, protegendo a população”, explica a diretora administrativa da Clínica São José, Stefanny Pinheiro.

Em funcionamento desde o mês de maio, o serviço integra a rede de saúde criada para atendimento exclusivo a casos da Covid-19, a Clínica São José iniciou os atendimentos com leitos exclusivos para a assistência a pacientes infectados pelo vírus. Com a abertura de leitos no interior do estado e diminuição do número de casos na capital, houve a mudança do perfil da unidade em junho, quando passou a funcionar como ambulatório especializado, com leitos clínicos para os casos de internação. 

No ambulatório, os pacientes passam por avaliação médica, são medicados e fazem exames de sangue. No espaço, pacientes recebem também os medicamentos prescritos para continuar o tratamento em casa. Quando a avaliação médica aponta necessidade de tomografia, o paciente é levado para fazer o exame em uma unidade da rede estadual de saúde. A clínica é gerenciada pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH).

No início desta semana, Nilson Henrique, de 47 anos, acompanhava um paciente com sintomas e ficou impressionado com o fluxo estabelecido na unidade. “Achei uma iniciativa boa do Governo do Estado. O ambiente é muito bom. Fomos primeiro à UPA Araçagi e depois fomos encaminhados para cá, isso protege os próprios pacientes. Aqui é bem organizado e rápido. Gostei bastante”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.