.

Academia Maranhense de Letras Jurídicas vai empossar Ministro do STJ Reynaldo Soares da Fonseca

Nessa terça – feira (29.11) a AMLJ / Academia Maranhense de Letras Jurídicas (Casa “Clodomir Cardoso”) vai dar posse ao Ministro do STJ Reynaldo Soares da Fonseca, na cadeira de N.24, patroneada por Bento Moreira Lima. Ele será recepcionado pelo Acadêmico Roberto Carvalho Veloso.

O Presidente da AMLJ, reeleito para o biênio 2022-2024, advogado Júlio Moreira Gomes Filho é quem está à frente do evento, que acontece às 18h30 no Salão “Casa de Portugal” no Convento das Mercês. Pelo amplo bem querer de que desfruta o novo Acadêmico, já se pode adiantar que esta será uma solenidade concorrida. E para a maior segurança de todos, a organização recomenda o uso de máscaras na solenidade.

A AMLJ foi fundada em 22 de fevereiro de 1986, com vinte e quatro membros fundadores, e tendo como seu primeiro presidente o advogado e jornalista Wady Sauáia. A entidade é filiada à Academia Brasileira de Letras Jurídicas. Com a posse do acadêmico Reynaldo Soares da Fonseca, eleito por aclamação, a AMLJ passa a contar com 38 membros.

Merece destaque o dedicado empenho de Júlio Filho na direção da AMLJ. Ele vem trabalhando em várias frentes, na aproximação cada vez maior entre a Academia e a sociedade maranhense, através da difusão da produção acadêmica de seus membros, convênios firmados e outras ações de fortalecimento da imagem da instituição no cenário local e nacional, além de despertar o interesse de toda uma geração de juristas maranhenses para as atividades acadêmicas.

NOVO ACADÊMICO DA AMLJ TEM AMPLA DEDICAÇÃO À MAGISTRATURA E À LITERATURA

Ministro do STJ desde 2015 com elogiada atuação e alta produtividade, Reynaldo Soares da Fonseca possui 30 anos de magistratura e 40 anos de serviço público. Formado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA); é Mestre em Direito Público pela PUC/SP; Doutor em Direito Constitucional pela Faculdade Autônoma de São Paulo / FADISP com pesquisa realizada na Universidade de Siena (Itália) e Pós- Doutor em Democracia e Direitos Humanos pela Universidade de Coimbra Portugal.

Além da magistratura, Reynaldo Soares da Fonseca tem um currículo dedicado à academia e à literatura, sendo autor de diversos livros e artigos científicos. Um dos temas de maior destaque em seus estudos acadêmicos é o princípio jurídico da fraternidade.