Plantão

Vacinação contra a Covid-19 no Maranhão é pauta de reunião entre Estado e municípios

A vacinação contra a Covid-19 no Maranhão foi pauta de reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), nesta sexta-feira (23). Durante o encontro, via webconferência, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, reforçou a intenção e o trabalho que o Governo do Estado tem realizado para contribuir com a vacinação nos municípios, que é de responsabilidade das prefeituras.  

Na reunião, uma das resoluções aprovadas reforça a responsabilidade dos municípios de São Luís e Imperatriz quanto à vacinação dos profissionais da Educação da rede privada, conforme já pactuado.   

“O papel de vacinar é dos municípios, mas a proteção da nossa população também é de interesse do Governo do Estado. Por isso, o que o Estado tem feito é ajudar e, com várias ações, vem somando esforços ao poder público municipal para acelerar a imunização. Precisamos lembrar que temos uma limitação de doses, mas nosso interesse é acelerar a imunização. Por isso, o diálogo com os municípios é sempre no sentido de contribuir”, destacou Carlos Lula.  

Na reunião desta sexta-feira, Estado e municípios confirmaram o entendimento do último encontro, quando foi pactuado, entre os entes, que a vacinação dos profissionais da Educação das redes estadual e federal nos municípios de São Luís e Imperatriz ficaria sob responsabilidade do Governo do Estado, enquanto a imunização dos profissionais das redes municipais e privadas, estaria sob responsabilidade das prefeituras. 

A vacinação acontece por etapas, estendendo-se gradativamente, de acordo com as pautas de distribuição das doses de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde. O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, reforçou aos municípios os critérios utilizados para a distribuição das doses. 

“A divisão de doses das vacinas é realizada com base nos dados dos municípios como, por exemplo, o censo escolar, e no quantitativo de doses enviadas pelo Ministério da Saúde ao estado. Assim como os demais, os profissionais da rede privada também precisam ser vacinados, por isso precisamos alinhar as estratégias”, enfatizou o titular da SES, informando aos municípios que a Secretaria de Estado da Saúde recebeu ofício de representantes da categoria solicitando a imunização. 

Ações

Para vacinar profissionais da Educação das redes estadual e federal, o Governo disponibilizou três pontos na capital maranhense: o drive-thru no São Luís Shopping , as escolas IEMA Rio Anil e Centro de Ensino de Tempo Integral João Francisco Lisboa (Cejol). Em Imperatriz, o ponto de aplicação da vacina para esses profissionais das esferas estadual e federal é o drive-thru instalado no Imperial Shopping.

Além de Imperatriz e São Luís, o Governo também tem auxiliado os municípios de Codó, Caxias, Açailândia, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Bacabal para agilizar a vacinação.