Turismo impulsiona desenvolvimento do povoado Atins, na região dos Lençóis Maranhenses

Rita de Sousa, conhecida como tia Rita, reside no povoado Atins desde 1958 e, em 1999, bem antes do fortalecimento do turismo no local, decidiu alugar um quarto de sua casa para os viajantes, que apareciam em menor quantidade na época. “Eu fui a primeira”, afirma Rita sobre o meio de hospedagem fundado por ela e que, com o aumento gradativo da demanda, cresceu e passou a contar também com agência para realização de passeios na região.

Casada com pescador, ela relata que a pesca deixou de ser o principal trabalho desenvolvido no vilarejo, dando lugar às atividades relacionadas ao turismo. Ela avalia a mudança como positiva e enxerga no movimento turístico um importante fator para o desenvolvimento da região. “A tendência é melhorar a cada dia”, comenta Rita.

Além de criar mais oportunidades para geração de renda, o turismo também foi responsável pelo aumento dos postos de trabalho no povoado. Por outro lado, há escassez de mão de obra local qualificada para exercer funções específicas, o que pode dificultar a inclusão da comunidade local em empreendimentos ligados à cadeia produtiva do turismo.

Segundo o empresário Saulo Prazeres, sócio-administrador do Vila Aty Eco Lodge, em Atins, investir na capacitação das equipes é fundamental para aumentar a empregabilidade de quem vive na região.

“Mais de 90% das pessoas que trabalham no hotel são da região. Algumas delas precisaram aprender do zero devido à falta de conhecimento sobre a atividade que passariam a realizar, por isso investimos muito em treinamentos. E, para além da responsabilidade social, que é um compromisso nosso, é importante para nós e para quem se hospeda conosco a experiência de poder conhecer mais sobre a cultura local diretamente com as pessoas que fazem parte da comunidade”, esclarece o empresário.

Ilton Silva, que trabalha no Vila Aty há mais de dois anos como garçom e barman, conta que já tinha um pouco de conhecimento sobre essas atividades antes de ser contratado pelo hotel, mas pôde se aperfeiçoar com as capacitações promovidas pelo meio de hospedagem.

“O Vila Aty trouxe vários treinamentos. Venho me desenvolvendo bastante em questão de atendimento”, assegura Ilton, que também apontou o aumento das oportunidades de trabalho como o maior ponto positivo do crescimento do turismo em Atins. “A gente não precisa sair daqui para ir para outro lugar trabalhar”, reflete.

Assim como outras práticas sustentáveis — a exemplo das relacionadas a questões ambientais —, a preocupação com o desenvolvimento regional e das comunidades é hoje uma das tônicas em empreendimentos responsáveis. “Temos consciência de que as nossas ações enquanto empresa geram impactos sociais, por isso trabalhamos para fazer com que eles sejam positivos”, afirma Saulo.

Vila Aty

O Vila Aty Eco Lodge é um ponto de contato com a natureza e cultura do povoado Atins (Barreirinhas/MA), oferecendo imersão e experiências para quem deseja relaxar e se aventurar na região dos Lençóis Maranhenses. O hotel dispõe de excelente estrutura, espaço integrado à natureza, equipe composta majoritariamente por pessoas da comunidade local e uma cuidadosa curadoria de atividades pensadas por quem conhece o lugar.