TJMA promove a campanha Setembro Amarelo

Em alusão ao dia mundial de prevenção ao suicídio – 10 de setembro – o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) promove a campanha Setembro Amarelo, com o objetivo de chamar atenção à problemática, buscar a redução de casos e conscientizar a população sobre a prevenção, no âmbito do Poder Judiciário do Maranhão.

A partir desta terça-feira (1º), o prédio-sede do Tribunal de Justiça do Maranhão – Palácio Clóvis Bevilácqua – estará iluminado em amarelo em alusão ao Setembro Amarelo. A iluminação pública é uma das ações determinadas pelo presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Lourival Serejo, para chamar a atenção da população para o tema de grande importância, que é a prevenção ao suicídio e valorização da vida humana.

De acordo com o desembargador Lourival Serejo, estudos sugerem um alto nível de incidência de sintomas depressivos na população, inclusive entre os jovens. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que o suicídio é a segunda causa de morte entre jovens entre 15 e 19 anos.

“A Organização Mundial de Saúde estima que 90% dos suicídios poderiam ser prevenidos. Portanto, entender o suicídio como uma questão de saúde e elaborar estratégias para a sua prevenção é fundamental”, frisou o presidente do TJMA.

PROGRAMAÇÃO

Para discutir o tema, o Tribunal de Justiça, por meio da Divisão Psicossocial, realiza no dia 17 de setembro, às 10h, no Instagram @tjmaoficial, a live “Setembro Amarelo e a prevenção ao suicídio e à automutilação em adolescentes: possibilidades de valorização da vida”, com a psicóloga Raíssa Palhano e moderação de Railson Rodrigues (analista judiciário – psicólogo). 

Raíssa Palhano é especialista em Dependência Química pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), especialista em Psicologia Hospitalar pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Psicologia e Saúde (NÊMETON/SP), conselheira do Conselho Regional de Psicologia do Maranhão – CRP-MA, coordenadora da Comissão de Direitos Humanos do CRP-MA e membro da Coordenação do Coletivo da Associação Brasileira de Saúde Mental (ABRASME) no Maranhão.

Além disso, o Judiciário discutirá o tema com os servidores, por meio de um bate-papo, com o tema “Dialogando sobre o sentido da vida: estratégias de prevenção em saúde mental”, com os palestrantes Eliandro Romulo Cruz Araujo e Tatiana Oliveira de Carvalho. O evento virtual acontecerá no dia 24 de setembro, às 14h, pela plataforma Zoom.

DADOS 

No Brasil, são registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos e mais de 1 milhão no mundo, principalmente entre os jovens. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio são relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

ONDE PROCURAR AJUDA

Para obter ajuda e apoio emocional de prevenção ao suicídio, o Centro de Valorização da Vida (CVV), atentende de forma voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias, discando 188.

No Maranhão, também há atendimentos disponíveis nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), hospitais, postos de saúde, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e nas secretarias municipais de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.