Suzano retira mais de 51 mil pessoas da linha de pobreza em três anos

A Suzano, maior produtora mundial de celulose e referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir de árvores plantadas de eucalipto, avançou em sua estratégia social ao retirar mais de 51 mil pessoas da linha da pobreza desde 2020. Somente em 2023, contribuímos para que 22.250 pessoas deixassem a pobreza – de acordo com a referência global de pobreza monetária adotada pelo Banco Mundial e ratificada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) –, o que representa um aumento de 21,3% em relação a 2022. Esses dados estão apresentados no Relatório de Sustentabilidade 2023 da Suzano, divulgado recentemente, e que reúne de forma transparente e objetiva os principais destaques financeiros, sociais, ambientais e de governança corporativa da companhia no último ano, além dos resultados nos Compromissos para Renovar a Vida, como são chamadas as metas de longo prazo da Suzano.

Ainda de acordo com o Relatório de Sustentabilidade 2023, o investimento da Suzano em projetos sociais aumentou 36% de 2021 para 2023, atingindo seu maior volume histórico. Somente no ano passado, a companhia destinou R$ 49,3 milhões a iniciativas sociais estruturadas nas frentes de relacionamento, geração de renda e educação. Ao todo, mais de 347 mil pessoas foram beneficiadas por essas ações em 2023.

Apenas em iniciativas conectadas ao combate à pobreza, a Suzano investiu, no último ano, R$ 22,1 milhões em 73 projetos junto a Organizações da Sociedade Civil, beneficiando mais de 114 mil pessoas em cerca de 120 municípios. Esses projetos abrangem diferentes frentes, como extrativismo sustentável, reciclagem inclusiva, empreendedorismo, redes de abastecimento territorial, acesso a emprego e cadeia de valor Suzano. Todas as iniciativas estão conectadas aos Compromissos para Renovar a Vida estabelecidos pela companhia, incluindo a meta de retirar 200 mil pessoas da linha da pobreza nas suas áreas de atuação até 2030.

Além das iniciativas próprias, a Suzano busca engajar parceiros na agenda de desenvolvimento social. No último ano, foram firmados acordos com instituições como Sofidel, Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA), Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), Instituto Coca-Cola Brasil (ICCB), SEBRAE SP e BNDES. Como resultado das parcerias, serão investidos em coparticipação mais de R$ 40 milhões até 2025.

O desenvolvimento social, com foco nas próximas gerações, passa necessariamente pelo avanço da educação. Em 2023, por meio do Programa Suzano de Educação, por exemplo, a companhia impactou cerca de 137 mil pessoas, entre estudantes, educadores e equipes intersetoriais de 646 escolas das redes municipais de educação pública nos estados da Bahia, do Espírito Santo, do Maranhão e do Mato Grosso do Sul.

Além do avanço nas iniciativas sociais, o Relatório de Sustentabilidade 2023 também apresenta a liderança da companhia no mercado após a aquisição dos ativos de tissue da Kimberly-Clark no Brasil, a inauguração do Innovability Hub na China, o início da produção da Woodspin na Finlândia, o primeiro investimento da Suzano Ventures em uma startup do Reino Unido e o progresso dos Compromissos para Renovar a Vida, como a conexão de 55,6 mil hectares por meio de corredores ecológicos, em linha com a sua meta de conservação da biodiversidade.

O Relatório de Sustentabilidade 2023 da Suzano segue as Normas da Global Reporting Initiative (GRI) e leva em consideração princípios do International Integrated Reporting Council (IIRC), a Resolução nº 59 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela Organização das Nações Unidas.  Este ano, além do documento, a Suzano apresenta também um Resumo Estratégico.

O Relatório de Sustentabilidade 2023 foi assegurado pela PwC (PricewaterhouseCoopers) e pode ser acessado aqui. Para acessar o Resumo Estratégico, clique aqui. Também está disponível para consulta a Central de Sustentabilidade da Suzano, um hub de conteúdo exclusivo e atualizado sobre aspectos de sustentabilidade da companhia.

Sobre a Suzano

A Suzano é a maior produtora mundial de celulose, uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, líder no segmento de papel higiênico no Brasil e referência no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras a partir de matéria-prima de fonte renovável. Nossos produtos e soluções estão presentes na vida de mais de 2 bilhões de pessoas, abastecem mais de 100 países e incluem celulose, papéis para imprimir e escrever, papéis para embalagens, copos e canudos, papéis sanitários e produtos absorventes, além de novos bioprodutos desenvolvidos para atender a demanda global. A inovação e a sustentabilidade orientam nosso propósito de “Renovar a vida a partir da árvore” e nosso trabalho no enfrentamento dos desafios da sociedade e do planeta. Com 100 anos de história, temos ações nas bolsas do Brasil (SUZB3) e dos Estados Unidos (SUZ). Saiba mais na página www.suzano.com.br