Setur realiza oficina sobre Perfil do Visitante

A informação correta ao turista é essencial para que uma viagem seja aproveitada da melhor forma possível. Pensando nisso, a Secretaria de Estado de Turismo (Setur), por meio do Observatório de Turismo do Maranhão, realizou na tarde de terça-feira (29), a oficina Perfil do Visitante para a equipe do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) de São José de Ribamar. O objetivo é aperfeiçoar os dados dos visitantes, que são coletados no CAT do município, dando continuidade ao trabalho de padronização do perfil do visitante em nível estadual.

A oficina busca aprimorar e qualificar as pesquisas realizadas nos CATs, possibilitando oferecer informações de melhor qualidade aos visitantes que vem ao Maranhão, traçando o perfil do turista que visita São José de Ribamar.

A atendente do CAT de São José de Ribamar, Patrícia Lima, afirmou que esse tipo de ação harmoniza o turismo no estado. “Gostaria de agradecer, em nome de toda equipe de colaboradores que trabalham no atendimento aos turistas, pela grata e rica tarde de conhecimento que nos foi proporcionada pela Setur, abrindo novos horizontes e nos qualificando para os atendimentos. Com isso, elevando o nosso município no mapa de roteiros turísticos do nosso Estado”, ressaltou.

O Observatório do Turismo do Maranhão segue realizando o trabalho de padronização do perfil do visitante nos centros de atendimento ao turista em nível estadual. Ao criar as parcerias, a Setur proporciona o contato direto com as equipes permitindo a valorização das informações que são colhidas nesses postos, para além do apoio à estrutura física, identificação do colaborador e qualificação profissional.

“Por meio da qualificação dos atendentes dos CATs, queremos melhor identificar as motivações da escolha de conhecer o município como destino turístico, avaliar o grau de satisfação dos visitantes em relação a oferta de equipamentos e serviços turísticos, além de utilizar a pesquisa como instrumento para cálculo do fluxo de turistas no estado”, explicou a coordenadora de pesquisa do Observatório de Turismo do Maranhão, Hanna Coelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.