SEMA realiza IV Seminário Maranhense sobre Mudanças Climáticas

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) realizou, nesta terça-feira (10), o IV Seminário Maranhense sobre Mudanças Climáticas. O evento, que este ano teve como tema “Mudanças Climáticas: novos cenários, perspectivas e desafios”, foi realizado de forma remota e contou com palestras voltadas para o momento atual de pandemia e mudanças climáticas, desafios dos biomas maranhenses, queimadas, dentre outros assuntos.

As mudanças climáticas são variações nas temperaturas do clima que ocorrem em escala global. Elas são responsáveis, entre outras questões, pela sensação térmica percebida por parte da população, assim como, por exemplo, o derretimento de calotas polares. Pensando nisso, o Governo do Maranhão busca estimular o debate entre os integrantes da sociedade civil, entidades voltadas ao meio ambiente e o próprio poder público, a fim de estabelecer novas diretrizes para a melhoria do clima.

O Seminário, que aconteceu durante todo o dia, promoveu ações e incentivos quanto às políticas e práticas de mitigação e adaptação das mudanças do clima no Maranhão, como explica o supervisor de Mudanças Climáticas, Eurico Junior. “O Seminário Maranhense sobre Mudanças Climáticas vem com um novo desafio, acompanhando não só as questões já preocupantes e existentes sobre as mudanças do clima, mas os novos desafios que teremos em tempos de pandemia, que inevitavelmente trouxeram efeitos em todas as áreas do conhecimento”, afirmou.

No Maranhão, a SEMA já vem promovendo atividades que buscam a menor degradação e amenizam os impactos ao meio ambiente, a exemplo das ações de fiscalização, preservação e conservação dos recursos hídricos e meio ambiente, monitoramento de queimadas e desmatamento. Algumas dessas atividades acontecem com o cruzamento de dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), além do sistema de imagens da Planet, que conta com mais de 130 satélites no mundo.

Ainda com o objetivo de acelerar o combate às mudanças climáticas, o Governador Flávio Dino assinou, no último dia 29 de outubro, importantes compromissos junto ao Conselho de Governadores pelo Clima.

Compromissos assumidos pelos governadores foram:

– Combate firme ao desmatamento e queimadas ilegais;
– Promoção de energias limpas;
– Redução da queima de combustíveis fósseis;
– Aumento do uso de biocombustíveis;
– Eletrificação da mobilidade;
– Incentivo à agricultura de baixo carbono.